Alimentação infantil

Descubra como preparar pratos criativos para a criançada

Por Redação Doutíssima 27/09/2015

No cardápio das crianças são necessárias muitas frutas, verduras e legumes, mas a maioria delas não gosta desses itens. Preparar pratos criativos usando produtos mais naturais pode ser uma forma eficaz para fazê-las consumir esse tipo de alimento.

Ingerir uma dieta balanceada é capaz de evitar a obesidade infantil e proporcionar mais saúde para crianças em desenvolvimento.

pratos criativos istock getty images doutissima

Aproveite os alimentos e crie desenhos para atrair as crianças para uma dieta saudável. Foto: iStock, Getty Images

 

Crianças devem se alimentar de forma saudável

As crianças possuem preferências inatas para determinados sabores. Segundo um estudo da American Psychological Association, elas preferem alimentos doces e rejeitam amargos, como o de certos produtos hortícolas.

Os pesquisadores indicam uma explicação histórica para isso: o sabor doce sempre sinalizou fonte de energia (calorias), enquanto o gosto amargo sempre indicou alimentos potencialmente tóxicos.

 

A relutância em experimentar novos alimentos é chamada de neofobia e a categoria comumente rejeitada é a dos vegetais. Isso representa um desafio para os pais, que respondem de diversas maneiras.

Alguns simplesmente dão aos filhos o que eles querem e outros restringem alimentos saborosos como pressão para comer frutas e legumes. Há ainda quem ofereça recompensas para comer alimentos nutritivos e também aqueles que não fazem coisa alguma.

 

De toda forma, comer alimentos saudáveis é essencial para os pequenos. Médicos e cientistas têm se mostrado preocupados com o aumento da obesidade em crianças e jovens. Esse mal é capaz de levar a problemas de saúde, como doenças cardíacas causadas por elevados níveis de colesterol, pressão alta e diabetes tipo 2, segundo um artigo publicado na revista Pediatrics.

 

Além disso, conforme um comunicado divulgado pela revista Nature Neuroscience, alimentos de alto teor calórico podem ser viciantes e capazes de fazer que crianças que comam ocasionalmente fast food aprendam padrões problemáticos de alimentação.

 

 

Pratos criativos são estimulantes 

Afinal, o que fazer para melhorar a alimentação infantil? Uma das melhores opções é mudar a abordagem pela qual esses alimentos são apresentados a elas. Vale ressaltar ainda que quanto antes eles forem apresentados às crianças, mais fácil será a aceitação. Além disso, ofereça-os quando ela estiver com fome e, quem sabe, de uma forma mais divertida.

 

A apresentação é capaz de mudar a cara dos alimentos. Então abuse dos pratos criativos. Quer um exemplo? Cubra uma tigela de cereal integral com um rosto sorridente, usando fatias de banana para os olhos, passas para o nariz e uma fatia de pêssego ou maçã para a boca.

 

É possível também criar um quadro com alimentos. Use floretes de brócolis para árvores, cenouras, aipo e couve-flor para as nuvens e ovo para o sol. Em seguida, fale para seu pequeno comer essa obra-prima. Ele irá achar o máximo!

 

Quer incluir ainda mais frutas na alimentação da criançada? Recorra aos espetinhos. Com eles, você pode usar três tipos de frutas imitando um semáforo: morangos para o vermelho, manga para o amarelo e kiwi para o verde.

 

Além disso, sanduíches com verduras podem virar barquinhos, panquecas e bananas são capazes de se transformar em tartaruga e até mesmo um ovo e alguns pedacinhos de cenoura viram um pintinho.

É possível fazer várias coisas para tornar essa inclusão mais divertida para as crianças, já que assim elas irão associar esse momento à diversão, acostumando aos poucos o paladar a essas novidades.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


Sites parceiros