Os chamados produtos styling servem para dar textura, corpo e fixação aos cabelos. Na maioria das vezes, são usados para construir penteados. A pomada modeladora, por exemplo, é uma opção para deixar os fios no lugar sem que pareçam molhados.

Veja quais opções são indicadas para cada tipo de cabelo e confira como garantir que o coque, a escova ou a trança durem ainda mais.

pomada modeladora shutterstock doutissima
Pomada modeladora fixa o penteado e evita que ele fique com aspecto artificial. Foto: Shutterstock

Uso e tipos da pomada modeladora

Entre os itens de styling, a pomada é a indicada para penteados que necessitem de alta fixação, mas sem deixá-los com aparência artificial. Ao contrário do gel, a alternativa não deixa o cabelo com aspecto úmido, mas também permite que os fios sejam penteados sem desfazer o trabalho do visual.

Para aplicar, uma quantidade equivalente a uma moeda de 50 centavos basta. Em seguida, espalhe pela mão e vá passando aos poucos. Geralmente, as pomadas são ricas em óleo na composição, por isso, para retirar o produto do cabelo, talvez seja necessária uma lavagem com shampoo antirresíduo.

Segundo o técnico educador da Doctor Hair Faria Pereira, há uma grande variedade de pomadas, mas as mais usadas são as de suave, média e forte fixação. “As mais procuradas no momento são as de efeito matte, ou seja, sem brilho, pois os cabelos ficam fixos com aparência natural e sem a aparência de brilho molhado”, acrescenta.

Além disso, Ariele Mendes, técnica da linha de produtos para cabelo Mutari, descreve a pomada modeladora como uma opção para visual de textura leve e natural. Ainda, existem alternativas como a pomada em pó, que modela e disfarça a oleosidade dos cabelos.

Segundo a profissional, para cabelos difíceis de modelar, é indicado o uso da pomada em cera e, para dar acabamento às pontas dos cabelos, a pomada em bastão, também chamada de stick.

De acordo com Faria, a lista de produtos styling ainda segue com spray de alta ou de baixa fixação, mousse, pomada em pó e shampoo a seco. “Cada produto tem seu diferencial, portanto, ler atentamente a proposta de cada um é a maneira mais correta de como se usar. Utilize de acordo com o evento ou conforme o estilo desejado”, aponta o técnico.

Para não errar

Diante de tantas opções e tipos de pomada modeladora é comum surgir a dúvida de como usar ou escolher o produto certo para o seu cabelo. Nesse caso, Faria aconselha a evitar aquele que possa neutralizar o efeito do outro, ou que mude a textura ou a estrutura da modelagem.

 

“Um exemplo disso é querer misturar pomada de efeito matte e pomada com brilho. Ou, para um cabelo bem fixo, não se deve usar condicionadores, pois eles selam mais as cutículas e o fio tende a ficar muito macio, o que também atrapalha a fixação da pomada”, explica.

Ariele ressalta que a aplicação exagerada e localizada também pode não criar o efeito desejado. Para a profissional, o ideal é que o produto seja bem espalhado nas palmas das mãos antes de depositar no cabelo.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!