Bem-Estar > Dia a Dia > Slider Home

Confira dicas para seu corpo se adaptar ao horário de verão

Por Tatiana Barros 17/10/2016

Na madrugada do último sábado começou o horário de verão. E se para algumas pessoas essa é uma época esperada, para outras a mudança no relógio está longe de ser algo agradável. Mas, independentemente de gostar ou não, fato é que essa uma hora a menos traz consequências. Pesquisam revelam, inclusive, que o corpo chega a levar até sete dias para se acostumar com o novo horário.

Confira dicas para se adaptar melhor ao horário de verão. (Foto: Istock)

Confira dicas para se adaptar melhor ao horário de verão. (Foto: Istock)

Quais as consequências do horário de verão para o corpo?

Segundo o otorrinolaringologista Dr. Jamal Azzam, essa alteração funciona como uma mudança de fuso horário e são algumas as consequências disso para o corpo. “No período de adaptação, é normal existir uma dificuldade para se alimentar bem, para acordar e uma sonolência diurna. Isso acontece porque os hormônios (especialmente a melatonina, responsável pelo sono) precisam de uma adaptação”, explica.

Atitudes que a pessoa pode tomar para reduzir os efeitos do horário de verão

Nesta primeira semana de horário de verão, o especialista recomenda mudar algumas atitudes na sua rotina, a fim de ajudar nessa adaptação. Saiba o que fazer de duas a três horas que antecedem o horário em que você está acostumado a dormir:

  • Escureça os ambientes, fechando cortinas e janelas e mantendo apenas a ventilação.
  • Diminua as luzes.
  • Evite ambientes ruidosos.
  • Evite atividades estressantes.
  • Reduza o uso de smartphones, especialmente se já estiver na cama.
  • Não se alimente neste período.

O médico explica que, com essas atitudes, você está adiantando o anoitecer no seu lar. E isso é positivo porque assim, “o hormônio melatonina vai sendo liberado, uma vez que ele depende da luminosidade, entre outras coisas”.

E para ajudar a ter uma noite melhor de sono durante esse período de adaptação, o indicado, além das recomendações citadas acima, é buscar um melhor relaxamento ao deitar. “Esqueça os estresses do trabalho e os pessoais e promova um momento de relaxamento muscular e mental. Isso, sem dúvida, ajuda muito nesse processo”, explica.

Já ao amanhecer, o recomendado é ligar as luzes imediatamente. Isso porque o corpo precisa entender que já é de dia. “Como o sol agora aparece mais tarde, então deve-se substituir a sua luminosidade natural pela nossa artificial de casa” completa.

As crianças muitas vezes são as que mais sofrem com essa alteração no horário, especialmente aquelas que estudam de manhã. Para ajuda-las nesse período, o dr. Jamal indica antecipar o horário em que elas vão dormir. Além disso, ao acordá-las, ele acha fundamental estimular o seu despertar, com alegria e disposição.

Como aproveitar o horário de verão

Confira algumas dicas para curtir os benefícios do horário do verão:

• Utilize melhor a luz natural. Abra as janelas! Além de muito mais agradável, ainda poupa energia.
• Aproveite para praticar esportes ou caminhadas ao ar livre, após o trabalho. Ainda está claro e as temperaturas bem mais agradáveis.
• Curta o espaço público. Leve as crianças ou animais de estimação para parques ou praças.
• Tire um tempo para apreciar o pôr-do-sol em algum lugar com uma bela paisagem.
• Aproveite que vai escurecer mais tarde e curta um happy hour com os amigos.

Você gosta do horário de verão? Como costuma ser sua adaptação à essa mudança no relógio? Para saber mais sobre dia-a-dia, não deixe de acompanhar o Doutíssima.


Sites parceiros