Exercícios > Fitness > Slider Home

Raiva e exercícios intensos podem causar ataque cardíaco

Por Tatiana Barros 03/11/2016

Fazer exercícios físicos regularmente é um dos principais elementos para uma vida saudável. No entanto, até mesmo algo tão benéfico para o corpo e a alma tem suas restrições. Isso porque uma pesquisa realizada pela McMaster University, no Canadá, revelou que em momentos de estresse elevado devem ser evitadas as práticas de atividades intensas. Isso porque essa combinação pode ocasionar um ataque cardíaco.

Entenda a relação do estresse e exercícios físicos com ataque cardíaco. (Foto: Istock)

Entenda a relação do estresse e exercícios físicos com ataque cardíaco. (Foto: Istock)

A relação dos exercícios físicos intensos com ataque cardíaco

O estudo convocou cerca de 12.461 pessoas, de 52 países diferentes, que sofreram um primeiro ataque cardíaco e investigou como elas se sentiam pouco antes dele acontecer. Do total avaliado, 14,4% relataram que se encontravam bravos ou tristes – sendo que deste percentual, 13,6% estavam praticando algum exercício físico enquanto se sentiam dessa forma.

Com esses resultados, o cientista Andrew Smyth, responsável por liderar o estudo, chegou à conclusão que ficar com muita raiva, muito chateado ou fazer exercícios físicos intensos pode até dobrar as chances de ter um problema no coração. O mais alarmante é que o pesquisador detectou que a combinação dessas causas pode até triplicar o risco de sofrer um ataque.

Segundo Andrew explicou ao jornal Daily Mail, isso é explicado porque as emoções extremas causam o mesmo efeito que uma atividade física de alta intensidade no organismo. “Os exercícios intensos e as emoções extremas podem elevar a pressão arterial e a frequência cardíaca, alterando o fluxo de sangue nos vasos sanguíneos e reduzindo o fornecimento de sangue para o coração”, disse à publicação.

Que exercícios fazer quando se sentir estressado

Meditação

Meditar reduz estresse e a pressão alta. Ao praticar meditação, é possível reduzir os riscos de ataque cardíaco e AVC (acidente vascular encefálico).

Exercícios de respiração
Respirar profundamente reduz a pressão sanguínea e riscos cardiovasculares. É essencial prestar atenção à sua respiração, inspirando pelo nariz e expirando pela boca. Dedique um tempo do seu dia para fazer isso regularmente.

Acupuntura
Os orientais acreditam que a raiva é um sintoma de desarmonia corporal de diferentes origens. Através da acupuntura é possível recuperar esse equilíbrio.

Ioga
Por meio da Ioga é possível diminuir a frequência cardíaca e sentir um sentimento de calma.

Ler um livro
Livros de ficção são capazes de aumentar os níveis de empatia podem alterar positivamente o estado emocional do leitor.

O importante é achar aquilo que te dê prazer e acalme nos momentos de estresse. Como a pesquisa revelou, descontar a raiva em atividades que exigem muito do seu corpo só pode trazer malefícios à sua saúde, ocasionando até ataque cardíaco. Reduza o ritmo, respire e dedique-se a cuidar da sua mente. Afinal, mente sã, corpo são. Para receber mais dicas de bem-estar, não deixe de acompanhar o nosso site!


Sites parceiros