Bem-Estar > Dia a Dia > Equilíbrio

Como lidar com a ansiedade causada pelo noticiário?

Por Vivian Ortiz 12/11/2018

A ansiedade de acompanhar as notícias e ficar por dentro de tudo o que está acontecendo nos deixa ainda mais ansiosos. É um círculo vicioso. Afinal, é difícil lidar com essa enxurrada de informações – especialmente em tempos polarizados como os nossos.

(Foto: iStock)

Além disso, cada notícia gera incontáveis análises, comentários, discussões, e podemos nos sentir exaustos e ansiosos com aquilo que lemos – e com as coisas que não damos conta de ler.

Por isso, mais pessoas têm procurado ajuda de um psicólogo ou psiquiatra para conseguir lidar com a ansiedade dessa sobrecarga de informações. Mas como isso afeta a nossa mente?

Muita calma nessa hora

Antonio Euzébios Filho, professor do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP), explica que o excesso de informações nos deixa em alerta constante. “Ficamos em um estado apreensivo permanentemente, como se a qualquer momento fosse explodir um fato novo”, explica.

Essa ansiedade pelas notícias, e a carga emocional que vem com elas, ajuda a deixar as pessoas ainda mais cansadas. Mas não é só. “Existem as emoções despertadas pelas notícias, como o medo, ódio, identificação ou dissidências com o fato ou pessoas”, explica.

Mal da modernidade

Esse tipo de ansiedade é mais ou menos recente na história humana. Um estudo feito pela professora de psicologia Pam Ramsden, da Universidade de Bradford (Reino Unido), em 2008, avaliou o impacto de ver notícias negativas em redes sociais.

Ela notou que cerca de 20% dos participantes da pesquisa foram afetados por informações vindas de redes sociais a ponto de desenvolveram estresse pós-traumático, mesmo que nenhum deles tivesse passado por situações traumáticas.

Como lidar?

Já que o mundo moderno nos mergulha em notícias o tempo todo, é importante saber o que fazer para que a ansiedade não tome lugar.

Para começo de conversa, não se deixe levar pela quantidade de informações. Selecione com rigor aquilo que vai ler e sempre procure saber antes de quais fontes elas vêm, para se certificar de sua veracidade. Estabelecer limites diários para se informar também é proveitoso (veja abaixo).

Por fim, embora a orientação de um psicólogo seja importante, esse tipo de ansiedade também precisa ser enfrentado pela sociedade como um todo. “É necessário rever os padrões de relacionamento e a produção de conhecimento e de informação em nossa sociedade”, afirma Euzébios.

Dicas para o dia a dia

1. Desligue as notificações e alertas digitais sobre notícias de todos os aparelhos (celular, tablet, computador);
2. Determine um horário para se informar e uma fonte de informação confiável, sem ser somente por redes sociais;
3. Leia ou assista a vídeos que tenham informações confiáveis e bem explicadas sobre o que aconteceu;
4. Evite ver as notícias assim que você acorda e antes de dormir. Isso pode interferir no seu dia ou dificultar o seu sono.

*Colaborou Vanessa Zampronho

Leia mais:


Sites parceiros