Guia de Carnaval

Carnaval saudável: Como garantir a diversão sem descuidar da saúde

Por Francine Costanti 27/02/2019

Com a chegada do Carnaval, muitos foliões se empolgam demais e cometem tantos excessos que a festa acaba se tornando um pesadelo para a saúde. Conversamos com uma dermatologista, uma nutricionista e uma cosmetóloga para te ajudar a curtir a farra de forma saudável. Veja as dicas!

Bebidas alcoólicas

A mistura de calor, multidões e consumo excessivo de álcool pode ser um enorme perigo para a saúde. Desidratação, queda de pressão e arritmia cardíaca são só alguns dos riscos associados a esses fatores.

A melhor forma de se proteger é conhecer – e sobretudo respeitar – os seus limites. Segundo a Dra. Fernanda Junqueira, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), da Sociedade Americana de Medicina Estética e especialista pela Associação Médica Brasileira (AMB), a quantidade segura de álcool varia de indivíduo para indivíduo. “Para alguns, uma quantidade mínima como uma dose já seria suficiente para causar algum mal, enquanto para outros seria necessária dose maior”, afirma.

Calor, multidões e consumo excessivo de álcool pode causar mal-estar durante a folia de Carnaval. Foto: iStock

O consumo de bebidas alcoólicas também pode prejudicar a dieta. “O recomendado é até 30 gramas de etanol ao dia para homens, e metade, 15 gramas, para as mulheres. A ingestão dessa quantidade não estaria associada ao aumento da circunferência abdominal, a temida pochete. No entanto, o consumo acima de 48 gramas pode ter interferência na dieta”, afirma a nutricionista Gabriela Cilla.

Exagerou na bebida? Saiba como curar a ressaca!

Essas quantidades estão associadas a:

350 ml de cerveja

200 ml de caipirinha

50 ml de cachaça

100 ml de saquê ou

200 ml de vinho branco e tinto

Desidratação

“Durante o Carnaval, devido ao sol e calor intensos, a desidratação pelo álcool se agrava. Por isso, intercalar as bebidas alcoólicas com bastante água ajuda a evitar problemas maiores. Os sucos, chás gelados e água de coco são ótimas alternativas para evitar o inchaço e o mal-estar causados pelo abuso do álcool”, orienta Dra. Fernanda.

“O ideal é sempre intercalar água e álcool. Sucos naturais ou refrigerantes não excluem o uso preferencial da água, que ajuda a evitar a ressaca porque diminui a absorção de álcool no corpo, minimiza o efeito de desidratação e ajuda no processo de desintoxicação pelo fígado. A conta é sempre assim: a cada 350ml de cerveja (latinha), a pessoa deve ingerir 100 ml de água pura”, completa a Dra. Gabriela.

É importante manter o corpo hidratado por dentro, mas também por fora. O uso de sombrinhas, viseiras e protetor solar são aliados nesse sentido, pois evitam a hipertermia e a insolação.

Doenças

Durante esse período de larga exposição ao calor e a multidões, é possível desenvolver algumas doenças. Segundo a dermatologista, a lista é longa. “Entre as mais comuns está a mononucleose infecciosa (doença do beijo), caracterizada por dor no corpo e na garganta, manchas e gânglios aumentados, que surgem dias após o contato com o vírus. Há também o herpes simples, que pode surgir devido à queda da imunidade por abuso de álcool e exposição solar; as manchas na pele decorrentes da exposição solar prolongada sem protetor; e as doenças sexualmente transmissíveis, como sífilis, gonorréia, HIV e Hepatite B. Por isso, sempre use preservativos”.

Maquiagem e alergias

Preste atenção ao tipo de produto que pretende usar no rosto e no corpo.As maquiagens devem ser todas testadas dermatologicamente e apropriadas para uso cosmético. Evite usar tintas de papel ou canetas que não têm essa indicação de uso. Dê preferência para as marcas que já usa e sabe que não lhe causam alergia”, explica Dra. Fernanda.

A esteticista e cosmetóloga Dra. Vivi Afecto lembra que durante o Carnaval é normal as pessoas abusarem de maquiagem, glitter e apliques adesivos na pele. Por isso, é preciso tomar alguns cuidados, principalmente se rolar exposição ao sol.

“O pré-preparo da maquiagem é essencial: antes de tudo, lave o rosto com um sabonete específico para o seu tipo de pele, para retirar toda a oleosidade. Uma dica legal é passar um cubinho de gelo (bem de leve para não queimar), para fechar bem os poros e a make durar mais tempo”, aconselha.

Além disso, o uso do protetor solar é imprescindível – e deve ter pelo menos fator 50, principalmente se você for utilizar apliques ou glitter, para evitar que a pele fique marcada. Produtos com textura oil free ou em gel são uma boa pedida, pois não pesam e costumam durar sem borrar.

“Invista também em produtos à prova d’água e em textura matte, que não reagem tanto com o suor quanto suas versões cremosas. E leve com você na pochete uma água termal para borrifar na pele, para refrescar e mantê-la hidratada, sem estragar a make”, completa.

Antes maquiagem, lave o rosto com um sabonete específico para o seu tipo de pele. Foto: iStock

Pós-Carnaval

Os cuidados não devem parar e, no pós-Carnaval, o folião pode experimentar uma dieta detox para voltar à sua rotina, incluindo uma drenagem linfática para reduzir o inchaço. “Retome os exercícios de forma cautelosa e agende uma visita ao seu dermatologista para cuidar de acne, alergias e manchas que possam ter surgido no período”, aconselha a Dra. Fernanda.

A esteticista Dra. Vivi ainda lembra os cuidados com a pele ao chegar em casa. “Não se esqueça de retirar totalmente os produtos do rosto com um demaquilante bifásico de base oleosa, lavá-lo bem com sabonete específico e hidratá-lo. Assim, você fica pronta para encarar mais um dia de folia”.

Saiba como desintoxicar o corpo depois do Carnaval

Vejas dicas para resolver outros problemas:

Pele vermelha de sol: Utilizar sabonetes para pele sensível, com base neutra e glicerinada. Borrifar água termal gelada várias vezes ao dia, hidratar bem com produtos à base de aloe vera e beber bastante líquido, principalmente água e água de coco, para recuperar a derme.

Acne cosmética: Uma boa dica é fazer máscara com argila branca, para pele sensível, ou verde para pele oleosa, duas vezes por semana em casa. Se o problema persistir, procure um profissional esteticista.

Inchaço no corpo ou rosto: O abuso de álcool faz com que haja retenção de líquidos. Após a folia, beba bastante água e tome chá verde ou de cavalinha, que têm ação diurética. Alimentos de cor verde-escura ou vermelha também ajudam, por sua ação antioxidante.

 


Sites parceiros