[the_ad_group id="16401"]
Clínica Geral > Saúde

Como prevenir micoses

Por Redação Doutíssima 10/06/2013

63eb73ac13befb06d32d6580322a9b06

Micose é o nome genérico dado a várias infecções causadas por fungos . Existem cerca de 230 mil tipos de fungos, mas apenas 100 tipos aproximadamente causam infecção. Visto que os fungos estão em toda a parte, é inevitável a exposição a eles. Em condições favoráveis (como ambientes com muita umidade e calor excessivo), os fungos se reproduzem e podem dar origem a um processo infeccioso que, dependendo do fungo ou da região afetada, pode ser superficial ou profundo. A doença pode atingir unhas, couro cabeludo e os olhos.

Tipos de micoses

Superficiais

se localizam na parte externa da pele, ao redor dos pêlos ou nas unhas, alimentando-se de gordura e/ou uma proteína chamada queratina. A micose superficial mais comum é a frieira  que atinge a pele entre os dedos, geralmente dos pés. Ela pode vir acompanhada de uma infecção bacteriana. Em alguns casos a cura pode demorar vários meses. A onicomicose que é infecção fúngica da unha também é extremamente frequente na população adulta, particularmente nas unhas dos pés. A Pitiríase versicolor, conhecida vulgarmente como pano branco, é uma micose superficial causada pela levedura Pity

Profundas

São as infecções fúngicas que afetam a profundidade da pele. Na micose profunda propriamente dita, os fungos se espalham através da circulação sanguínea e linfática. Podem infectar a pele e órgãos internos como pulmõesintestinosossos e até mesmo o sistema nervoso.

Sintomas

Coceira, descamação da pele, Irritação e vermelhidão. Nas unhas elas ficam com aparência esverdeada e escura, em seguida fica oca.Caso não haja o cuidado devido a pessoa pode perder  a unha e a micose persiste podendo seguir para a corrente sanguínea. A micose pode se apresentar em forma de frieira que ocorre geralmente nos pés e entre os dedos, em forma de impigem ou na virilha, onde ocorre a formação de uma grande placa avermelhada com os sintomas descritos acima.

micoses

Prevenção

  • Enxugar bem o corpo, após o banho;
  •  Usar luvas ao entrar em contato com o solo;
  •  Não utilizar roupas, toalhas ou utensílios de uso pessoal de fontes desconhecidas (utensílios de manicure, por exemplo)
  •  Não andar descalço em pisos úmidos;
  •  Utilizar roupas de algodão e calçados abertos, pois estes tipos de vestimenta não retêm suor;
  •  Não entrar em contato com lesões causadas por micoses, em animais ou outras pessoas;
  •  Ferver as roupas utilizadas por indivíduos com micose;
  •  Evite o contato prolongado com água e sabão, pois podem destruir as defesas naturais da pele;
  •  Observe o pelo e a pele dos seus animais de estimação;
  • Não compartilhar o uso de alicates de cutículastesouras e lixas não-esterilizadas.

Tratamento

O tratamento para micose é orientado por um dermatologista, que indicará o tratamento ideal de acordo com o tipo de micose manifestada no indivíduo.

Fique atenta! 😉

Fonte: Tua saúde e Wikipédia


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]