[the_ad_group id="16401"]
Guia dos Dentes

Flúor, o melhor amigo de seus dentes

Por Redação Doutíssima 20/08/2013

fluor-

Praticamento todas as pessoas já ouviram falar que o flúor faz bem para os dentes e quando falamos em ir ao dentista já pensamos em fazer uma limpeza e colocar flúor, principalmente quando falamos dos pequeninos (Não estou falando dos anões e sim das crianças). O que poucos sabem é o que é o flúor? Ou para que serve realmente? Ou mesmo como ele é? E é nesse ponto que eu vou entrar e você vai ver que realmente o flúor é o melhor amigo dos seus dentes.

A presença do flúor nos mais variados locais é certa; desde a água(doce, salgada, parada, corrente), no solo e em rochas. Os fluoretos também são amplamente utilizadas em muitos processos industriais.

fluor-4

Um tema muio atual é a fluoretação da água potável de diversas comunidades para prevenir a cárie dentária, sendo um avanço grandioso da nossa saúde pública, mesmo ainda pecando em eficiência devido abrangência menor que necessária e variação perigosa na concentração ideal de flúor na mistura e de consumo individual dessa água.

Devido a essa ineficiência, conseguiu-se uma relativa diminuição da cárie dentária no que diz respeito a esse fator mas criou-se um outro problema denominado fluorose dental, que nada mais é do que um efeito colateral da exposição excessiva ao flúor. Já tivemos uma grande conversa sobre a fluorose aqui mesmo em nosso site.

fluor-1

Voltando a falar sobre os benefícios do flúor, posso dizer que ele é vital para a saúde dentária devido:

Proteger os dentes da desmineralização fazendo com que o ácido produzido pelas bactérias causadoras da cárie não consiga agir sobre a superfície do dente e com isso, não consiga comprometer a estrutura mineral que reveste e protege o dente. Em casos de aplicação em esmalte em formação (nas crianças), ele consegue modificar a estrutura do esmalte tornando essa camada de proteção dentária mais resistente à ação desses ácidos provenientes das bactérias.

Em casos que já ocorreu a desmineralização, o fluoreto se concentra nas áreas desmineralizadas fortalecendo esse esmalte, causando a remineralização. Nesse caso, a ajuda que o flúor pode trazer é bem menor. Ele trabalha de forma mais eficiente na primeira opção que é da prevenção.

– Reduz a capacidade das bactérias de produzir ácido.

fluor-2

São inúmeros os benefícios do flúor, desde que o mesmo seja bem utilizado e seguindo a periodicidade necessária. Como tudo na vida, o flúor não agrada a todos e existem as pesquisas (principalmente americanas) que mostram que o flúor não faz tanta diferença assim. Mas, como isso precisa ser sedimentado por resultados mais comprovativos, vamos ficar com o nosso bom e velho flúor.

Não vamos esquecer que o flúor está na nossa pasta dental e nos antissépticos bucais. Não abuse do uso diários. Isso pode trazer sérios danos aos dentes, principalmente na criançada.

Queria finalizar homenageando os profissional de saúde pública (saúde bucal, saúde coletiva, chame como você quiser) que fortalecem a saúde bucal para todos através de lutas diárias na assistência e educação de várias pessoas carentes que não teriam o mínimo de orientação sem o suor e amor desses profissionais, muitos deles trabalhando de forma voluntária ou com salários bem menores do que conseguiriam ganhar em suas clínicas particulares. Trabalham por vocação.

SAMSUNG DIGIMAX A503


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]