[the_ad_group id="16401"]
Guia dos Dentes

Mantenha seu coração saudável cuidando de sua boca

Por Redação Doutíssima 08/10/2013

endocar-5

Endocardite é o nome dado às afecções do endocárdio. O endocárdio é a parte interna do coração que também é formado por outras duas camadas como o pericárdio que é a camada externa e o miocárdio que é a camada medial. No endocárdio temos estruturas de fundamental importância como as válvulas cardíacas.

São vários os distúrbios de bacteremia que ocorrem durante toda a vida do indivíduo e para combater todas elas precisamos do nosso sistema de defesa que luta contra essas invasões de microorganismos. Quando algo de errado acontece e nosso organismo não consegue combater de forma eficiente, acontecem essas afecções como a endocardite.

endocar-1

As causas da endocardite bacteriana são as mais variadas mas posso citar:

  • Colocação de cateter intravenoso,
  • Colocação de pacemaker,
  • Colocação de piercing bucal,
  • Uso de drogas ilícitas injetáveis,
  • Exodontias dentárias,
  • Pacientes com doenças periodontais que fazem procedimentos na boca,
  • Dentre outras causas mais variadas.

A boca possuí uma quantidade enorme de bactérias que podem alcançar os tecidos cardíacos. As maiores incidências seriam por extração de dentes, cáries dentárias muito grandes, infecções paradentais, pulpites, abcessos dentários e qualquer tipo de doença na gengiva. 

Algumas pesquisas realizadas em institutos de credibilidade como o INCOR, mostram que até cerca de 45% das doenças cardíacas tem origem na cavidade bucal. O que nos deixa mais tranquilos é saber que outras pesquisas mostram que apenas uma porcentagem em torno de 4 a 5% dos casos diagnosticados com a endocardite bacterina, foram causados, de forma comprovada, por procedimentos odontológicos.

endocar-2

O que podemos fazer para prevenir a endocardite bacteriana?

– Um ponto muito importante é eliminar o máximo de focos de infecções da boca e buscar gengivas o mais sadias possível.

– Em pacientes cardiopatas, costumamos usar terapias com antibiótico para prevenir o acometimento de bactérias e sua propagação pelo sistema sanguíneo. Essa técnica de profilaxia antibiótica pode ser usada de forma bem segura e confiável.

“Saúde bucal quer dizer saúde do indivíduo como um todo”. Ter a boca saudável é um grande passo para evitar outros problemas no corpo como um todo. Consulte seu dentista regularmente e terá um amigo a mais para lhe ajudar.

endocar-4

É claro que não está na função do dentista diagnosticar e muito menos fazer o tratamento desses acometimentos mas o nosso papel é identificar os focos de inflamações bucais, bem como, possíveis perigos para a saúde dos cardiopatas. Uma anamnese bem feita e um tratamento individualizado podem minimizar os dados dessas infecções.

Não esqueça dos hábitos de higiene dental diários, consultas semestrais ou anuais ao dentista, alimentação consciente e sem excessos de açúcar, além de evitar hábitos não saudáveis como de roer ou quebra coisas com os dentes.

 

 


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]