Especialidades

Aparelho para medir diabetes: conheça os diferentes tipos

Por Redação Doutíssima 19/11/2014

Quem convive com o diabetes, precisa controlar sua glicemia constantemente. Os exames de laboratório devem ser feitos com regularidade, mas são os resultados colhidos com a automonitorização glicêmica, com o uso do aparelho para medir diabetes que permitem fazer os devidos ajustes do tratamento, verificando a variação do diabetes.

 

Estes monitores, pequenos e práticos, servem para testar os níveis de açúcar no sangue de forma rápida e precisa, sem que haja a necessidade de depender dos exames de sangue coletados em laboratório.

aparelho-para-medir-diabetes

Tecnologia é grande aliada no controle da doença. Foto: iStock, Getty Images

A introdução do aparelho para medir diabetes, conhecido como glicosímetros, veio auxiliar muito o controle e a automonitorização dos pacientes, sendo que hoje em dia é considerada parte do tratamento para a maioria das pessoas que convivem com a doença.

 

Por isto, ter um aparelho para medir diabetes é muito importante para indivíduos que apresentem a doença em todos os estágios para identificar os níveis de hipoglicemia e de hiperglicemia.

 

Como funciona o aparelho para medir diabetes

 

O teste feito com o aparelho para medir diabetes é bem simples. Ele realiza a leitura da glicose no sangue sendo para isso necessário que a pessoa fure o dedo da mão com uma pequena agulha.

 

Depois de furar, basta inserir uma gota de sangue na fita de leitura da glicose, que será inserida no monitor. Com isto, o aparelho realiza a leitura glicêmica do indivíduo e o resultado aparece na tela.

 

Atualmente existem dois modelos de aparelho para medir diabetes no mercado. Um deles é composto por tiras coloridas. Nele, deposita-se uma gota de sangue na ponta da tira e aguarda-se por 120 segundos para gota ficar de uma determinada cor.

 

A cor da gota obtida deve ser compara em uma escala que acompanha o aparelho para medir diabetes. No entanto, este procedimento apresenta uma margem de variação em sua precisão de 20%.

 

Já o outro modelo disponível deste equipamento é mais preciso e eficaz. Neste glicosímetro, o paciente deve colocar a tira de teste no local apropriado do medidor, picar a ponta do dedo e, em seguida, colocar uma gota de sangue na tira.

 

Em um curto espaço de tempo, o medidor mostrará um resultado em sua janela de exibição digital. Os medidores de glicose geralmente são pequenos dispositivos alimentados por bateria.

 

Eficácia do aparelho para medir diabetes

 

Os monitores podem armazenar vários dias e horários diferentes de resultados, sendo que alguns modelos mais modernos podem ainda ser conectados ao computador via cabo USB ou wireless e fornecer um gráfico das medidas da glicose ao longo do dia para o paciente e para o médico. É sempre importante calibrar seu aparelho segundo as orientações do fabricante.

 

Alguns novos medidores agora também podem não só testar o sangue colhido na ponta dos dedos, como de locais do corpo, como o antebraço e mão. Além disso, vem sendo desenvolvido um aparelho que pretende medir o nível de açúcar no sangue sem a necessidade de o paciente furar o dedo, o que pode ajudar aquelas pessoas que precisam conferir o nível de glicemia por até três vezes ao dia.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


Sites parceiros