Especialidades

Conheça 4 causas possíveis para o seu mau hálito estomacal

Por Redação Doutíssima 20/11/2014

É complicado quando você vai conversar com alguém que está com mau hálito, não é? Mais constrangedor ainda é você saber ou alguém reclamar que o cheiro desagradável vem da sua boca.

Origens e mitos sobre o mau hálito

Há muitas causas para o mau hálito, também chamado de halitose e popularmente conhecido como “bafo”. Geralmente quem leva a culpa pelo odor é o estômago, mas de acordo com a Associação Brasileira de Halitose – ABHA, 90% das causas estão relacionadas a problemas na boca. Os outros 10%, sim, podem estar ligados a problemas de estômago e outras doenças.

mau halito

Problemas de hálito têm origem geralmente na boca e no estômago. Foto: iStock, Getty Images

Cientificamente já se comprovou que, via de regra, o cheiro que sai pela boca não vem do estômago. Um pesquisador canadense verificou que o odor vai parar no hálito pela corrente sanguínea, sem ter qualquer ligação com o sistema digestivo.

Para esta comprovação, ele promoveu um experimento. Colocou uma pasta de alho na sola dos pés de algumas pessoas e atestou que, em poucos minutos, as pessoas expeliam o cheiro do alho pela boca.

Também de acordo com informações da ABHA, estima-se cerca de 30% da população brasileira sofra ou sofreu com o problema de mau hálito em algum momento da vida. Isto é equivalente a 50 milhões de pessoas.

Apesar de desagradável, a halitose não é considerada uma doença, mas pode indicar algum desequilibro do organismo. Vários fatores e hábitos podem afetar seu hálito. Confira e veja como evitá-los ou melhorá-los!

Principais causas de mau hálito

– Problemas bucais

Como já dissemos, o principal fator do cheiro desagradável na boca é relacionado a problemas na cavidade bucal. Gengivite, cáries e inflamações, entre outros problemas na boca, são os principais causadores do mau hálito. O hábito de fumar e consumir álcool agrava todos os problemas bucais.

– Higiene

O problema não é a higiene, mas a falta dela. Muito se fala na importância de uma boa escovação e o uso do fio dental. Tudo isto não é bom apenas para a saúde dos dentes, mas também do seu hálito.

O mau hálito geralmente vem de gases liberados pelas bactérias que se alimentam dos restos de comida que ficam nos dentes. A falta de escovação ainda pode causar inflamações nas gengivas, também causando halitose.

– Doenças respiratórias

A inflamação que causa laringite, sinusite, rinite e outras doenças respiratórias também causa o acúmulo de catarro e bactérias que causam bafo.

Os órgãos do sistema respiratório, como pulmões, brônquios e traqueia, também podem sofrer com inflamações e acúmulos de bactérias que causam mau cheiro.

– Problemas estomacais

O grande “vilão” não leva a fama de graça e pode, sim, dar a sua contribuição para a halitose. Problemas como a gastrite podem ocasionar demora na digestão, onde os alimentos são tomados de bactérias que cheiram mal.

O refluxo também pode ser inimigo do bom hálito, já que a volta dos alimentos pode deixar um rastro de resíduos e causar mau cheiro na boca. Doenças graves como câncer de estômago também causam halitose devido à putrefação de tecidos em função do tumor, variando conforme o estágio do câncer. O odor expelido nesta situação chama-se hálito necrótico.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


Sites parceiros