[the_ad_group id="16403"]
Medicina Alternativa

Conheça os benefícios medicinais da tanchagem

Por Redação Doutíssima 22/12/2014

De origem europeia, a tanchagem é muito conhecida e apreciada na Índia, mas se divide em mais de 200 espécies espalhadas pelo mundo todo. Vista como erva daninha por muitos, essa planta medicinal é bianual e costuma chegar a cerca de 20 a 30 cm de altura.

 

Saiba mais sobre a tanchagem

 

No Brasil, a erva é abundante principalmente na região sul. Suas folhas são consideradas alimentícias, por causa de suas características proteicas e vitamínicas e baixa toxicidade. Ela pode ser usada em forma de chá e compressas para tratar uma série de condições. Conheça, abaixo, seus principais benefícios curativos.

 

tanchagem

Tanchagem tem propriedades anti-inflamatórias e analgésicas. Foto: iStock, Getty Images

 

Benefícios da tanchagem

 

1. Dor de garganta

Anti-inflamatório, analgésico e expectorante, a tanchagem é eficaz no combate a dores de garganta e inflamações nos gânglios. Adstringente e antibacteriana, também trata das aftas e outros problemas bucais.

Prepare o chá com um infusão de uma colher (sopa) das folhas da planta em uma xícara de água fervente. Deixe parado por 15 minutos, depois coe e faça um gargarejo com o chá durante três minutos. Repita essa técnica três vezes ao dia.

2. Terçol

A ação antibacteriana, cicatrizante e anti-inflamatória dessa planta medicinal desfaz a infecção na pálpebra causada por bactérias – o chamado terçol -, aliviando a dor e inchaço. Separe algumas folhas da erva, lave-as e amasse-as bem.

Em seguida, aplique sobre a área atingida e deixe agir por 10 minutos. Faça isso até três vezes ao dia, enquanto o terçol persistir. Outras irritações da pele, como uma picada de inseto, podem ser tratadas da mesma maneira.

3. Gota

Gota é o nome das inflamações nas articulações, que acontecem pelo acúmulo de ácido úrico no sangue. Essa condição pode ser combatidas com a tanchagem, que possui ação depurativa, limpando as toxinas do corpo.

Seu poder anti-inflamatório também faz parte do processo de cura. Despeje um litro de água fervente sobre 20 gramas das folhas da planta e deixe agir por 15 minutos. Coe e beba durante o dia, intercalando com, pelo menos, dois litros de água diários.

4. Acne

Adstringente, anti-inflamatória, antibacteriana e cicatrizante, a tanchagem é uma boa pedida para o tratamento da acne, diminuindo a inflamação e fazendo uma limpeza profunda na pele, deixando-a livre das células mortas.

Coloque para ferver quatro colheres (sopa) das folhas da erva curativa em meio litro de água. Passados 15 minutos, tire do fogo e coe. Adicione ao líquido meio copo de vinagre branco, passe em um pano limpo e aplique nas feridas duas vezes ao dia.

5. Prisão de ventre

A tanchagem possui propriedade laxante que melhora o funcionamento intestinal, além de atuar como diurético. Prepare um chá separando uma colher (chá) de sementes, meio litro de água e mel. Leve ao fogo e deixe durante dois minutos após atingir o ponto de fervura.

Em seguida, esmague as sementes, ainda no líquido, e acrescente mel para adoçar. Tome esse chá duas vezes ao dia, um pela manhã, em jejum, e outro depois do almoço.

6. Furúnculo

O furúnculo é uma inflamação dos folículos capilares que provoca um nódulo avermelhado, dolorido e quente. A ação antibacteriana da tanchagem combate a bactéria causadora dessa ferida, enquanto suas propriedades anti-inflamatória e sedativa diminuem o inchaço e a dor.

Faça o chá preparando uma infusão com duas colheres (sopa) de folhas picadas da planta e dois copos de água fervente. Tome três vezes ao dia, pela manhã em jejum, depois do almoço e jantar.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]