[the_ad_group id="16401"]
Sexualidade

Saiba como prevenir a disfunção erétil em jovens

Por Redação Doutíssima 14/05/2015

Por mais que seja conhecida pelo avanço da idade, é possível encontrar disfunção erétil em jovens. A incapacidade de obter ou manter uma ereção peniana, chamada de disfunção erétil, impede que o homem esteja pleno para ter uma relação sexual. Essa situação pode afetar a autoestima masculina, prejudicando os relacionamentos.

 

Comumente conhecida como impotência sexual, ela atinge mais frequentemente os homens mais velhos, com idade acima de 40 anos. Segundo informações do portal da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), 50% dos homens com essa idade têm reclamações sobre o problema. Entretanto, jovens também podem ser acometidos pelo problema.

disfuncao eretil em jovens

A impotência sexual em homens jovens pode ser causada por ansiedade e depressão. Foto: iStock, Getty Images

É um fato que merece atenção, pois afeta homens em uma idade de muita produtividade. A mente está acelerada e cheia de projetos e realizações para a vida inteira. Enfrentar um problema que atinge a vida sexual pode ter efeitos importantes se não for diagnosticado por um médico e solucionado.

A disfunção erétil em jovens pode ocorrer por uma série de fatores, divididos entre psicológicos ou orgânicos. Quem explica é o professor Brasil Silva Neto, da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e chefe do Serviço de Urologia do Hospital de Clínicas de Porto Alegre.

Causas da disfunção erétil em jovens

As causas da disfunção erétil em jovens não diferem de pacientes mais idosos. “O que muda é a frequência destas causas em cada grupo etário. Aproximadamente 85% dos pacientes jovens com disfunção erétil têm a sua disfunção por etiologia psicogênica”, comenta o professor.

Início da vida sexual, ansiedade de performance, mudança de parceiro ou de parceira, além de condições psiquiátricas, como depressão e ansiedade, são algumas das razões para se ter disfunção erétil em jovens de ordem psicogênica.

Já as causas ditas orgânicas ocorrem com maior frequência em pacientes mais velhos e podem ter sua origem em problemas vasculares, hormonais, neurológicos, anatômicos, uso de medicações, entre outras.

A SBU ressalta que existem alguns fatores de risco para o problema. O tabagismo e o uso de drogas, por exemplo, podem aumentar as chances da ocorrência de impotência sexual em homens.

Tratamento da disfunção erétil em jovens

De acordo com o professor, o tratamento da disfunção é sempre direcionado para a doença de base, seja ela psicológica ou orgânica, independentemente da faixa etária. “Dependendo da situação, podem ser prescritas medicações promotoras da ereção. Medicações por via oral tais como Sildenafil, Tadalafil, Vardenafil, por exemplo, podem ser utilizadas”, explica Brasil.

Em situações de exceção, em jovens, podem ser utilizadas drogas com aplicação intra cavernosa ou, mais raramente, colocação de próteses penianas.

A terapia, a busca por ajuda com psicólogos também pode ser bem-vinda e apresentar bons resultados no tratamento da disfunção erétil. Esse recurso, de acordo com o professor da UFRGS, é válido especialmente quando condições psiquiátricas, agudas ou crônicas, são a causa da disfunção erétil em jovens.

Além disso, a SBU recomenda que se você sofre com a impotência sexual, é preciso procurar um urologista. É esse profissional que pode avaliar o seu caso e, dessa forma, determinar qual é o melhor tratamento.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]