[the_ad_group id="16401"]
Clínica Geral

Alergias na pele: saiba quais são os cuidados e tratamentos

Por Redação Doutíssima 06/07/2015

As alergias na pele estão entre os tipos mais comuns de reações que acometem o organismo. Elas ficam atrás apenas das alérgicas a alimentos. Urticária, dermatite e eczemas são alguns dos sinais da manifestação na pele.

São muitos os fatores que causam alergias na pele e entre eles se destacam pelos de animais, alimentos e medicamentos.

Para entender melhor o conceito de alergias, pode-se dizer que são respostas extremas do sistema imunológico a substâncias estranhas ao organismo. Elas geram uma hipersensibilidade a um estímulo externo, os chamados alérgenos.

alergias na pele

Coceira é um dos sintomas que podem surgir em quem tem alergia na pele. Fotoi: iStock, Getty Images

Na maioria das vezes, as reações alérgicas dermatológicas são causadas pelo que se denomina alergia de contato. Ela costuma surgir algumas horas depois de a pessoa tocar alguma das substâncias alérgenas.

As alergias também podem acontecer pelo contato da pele com acessórios, como pulseiras de metal, couro ou plástico e ainda botões de metal, alguns tipos de esmalte, entre outros.

Sintomas das alergias na pele

Na maior parte dos casos, os sintomas são pequenas bolhas com líquido ou vermelhidão. Pode haver coceira e irritação no local. Nesse caso será um eczema de contato.

É importante conhecer bem os produtos usados na pele como cosméticos. Eles são alguns dos principais detonadores de alergias. Sabonetes, geis de banho, desodorantes, cremes, shampoos e perfumes podem provocar os sintomas. Alguns tipos de tecidos, como o jeans ou as rendas da lingerie, da mesma forma podem resultar em reações alérgicas.

Preste atenção às áreas que manifestam a coceira, vermelhidão ou irritação e veja que tipo de produto foi usado no local. Muitas pessoas são alérgicas a itens de maquiagem, por exemplo, como o batom. Elas costumam ficar com os lábios levemente inchados ou com coceiras pouco depois de aplicar o produto.

O mesmo acontece com os olhos, algumas pessoas apresentam reação ao uso de sombra ou rímel, queixando-se de inchaço nas pálpebras.

Como prevenir alergias na pele

A melhor maneira de prevenir alergias na pele é ficar longe das substâncias alérgenas, pois a alergia não tem cura. Apenas é possível controlá-la.

Por isso, é tão importante identificar o que causa a reação alérgica com a ajuda e orientação de um médico dermatologista. Um alergologista é o profissional que poderá apontar com ainda mais precisão, por meio de testes, os agentes que causam as alergias.

Os tratamentos para alergias na pele incluem a administração de medicamentos, os anti-histamínicos, que controlam o prurido e a urticária, e os corticoides, que diminuem a inflamação e são usados na forma de creme ou pomada.

Alguns tratamentos caseiros podem ajudar a aliviar o incômodo causado pela alergia que se manifesta na pele. Um deles é bem simples: basta amassar um pedaço de mamão e aplicar na área da coceira. Outro é usar a mistura de suco de limão com óleo de coco no local afetado. Mas atenção: não se exponha ao sol, pois o limão pode manchar e pele.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]