[the_ad_group id="16401"]
Sem categoria

Confira dicas para escolher corretamente o tênis para malhar

Por Redação Doutíssima 13/07/2015

Você que adora caminhar, correr ou fazer musculação, já parou para pensar em um importante acessório na sua prática esportiva? Qual a atenção que você tem dado aos tênis para malhar? Assim como cresce o interesse por essas atividades físicas, a atenção ao que você calça também deve fazer parte do planejamento do seu treino.

 

A caminhada é a atividade física mais praticada no Brasil, seguida da musculação, futebol e corrida, de acordo com um estudo desenvolvido pelo Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição e Saúde da Universidade de São Paulo (Nupens-USP) no ano passado.

 

Para corrida e caminhada, os tipos de tênis podem ser os mesmos, pois são atividades que exigem um sistema de amortecimento eficaz, que absorva o impacto nas articulações dos tornozelos, joelhos e quadris.

tênis para malhar

A escolha do tênis deve ser sempre levar em conta a finalidade de uso do calçado. Foto: iStock, Getty Images

Para cada tipo de pisada existe um tipo de tênis adequado, como: pisada pronada, aquela que o corredor utiliza a ponta dos pés, principalmente o dedão do pé para se impulsionar, assim o arco do pé é menor ou inexistente.

 

Há a pisada supinada, aquela que o praticante ou atleta usa a parte externa do pé, se impulsionando com a parte do dedo mínimo, onde o arco plantar é bem acentuado. O outro tipo é a neutra, cuja característica é a de ter a impulsão com toda a parte frontal do pé, possuindo o arco plantar médio.

 

Tênis para malhar personalizado

“Existem profissionais com equipamentos modernos que identificam sua pisada e elaboram até palmilhas específicas para cada pessoas, de acordo com a altura e peso do praticante”, explica o professor de Educação Física Fábio Alexandre Costa da Silva. Assim, o tênis para malhar se adequa ainda mais ao biotipo do praticante.

 

E quando o assunto é tênis para malhar, Silva ainda cita que existe tipos de tênis específicos para corredores como o velocista, corredor de trilha, corredor de meio fundo (meia maratona) e o corredor fundista (maratonista).

 

Quando o tênis para malhar é o que será usado na musculação, o professor explica que não há necessidade de um sistema de amortecimento, pois essa modalidade não exerce impacto, mas sim força de atração nas articulações.

 

Para as chamadas “dancinhas” de academia, a escolha do tênis vai depender do tipo de atividade. Se for uma que tenha um certo impacto, o mais adequado é que o tênis tenha um sistema de absorvição de impacto, conforme os de corrida.

 

“Já nas danças mais clássicas como valsa, zouk ou outra similar não há essa necessidade específica”, completa o educador físico.

 

 

Riscos ao escolher errado o tênis para malhar

Saiba que escolher de forma errada o tênis para malhar pode acarretar em uma série de prejuízos. Para começar, o risco é no bolso, pois o tênis, não sendo confortável para a atividade, deixará de ser útil.

 

Para a saúde, os problemas são bem mais sérios. “Desde um microtrauma por impacto, até mesmo bursite, tendinites ou lesões nos meniscos ou na região da coluna lombar”, avisa Silva, que é pós-graduado em fisiologia do exercício.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]