Estética

Aposte nos benefícios da glicerina para a pele e o cabelo

Por Redação Doutíssima 17/08/2015

Ingrediente presente em vários cosméticos de beleza, a glicerina é uma poderosa aliada da beleza feminina. Suas propriedades hidratantes e protetoras fornecem uma série de benefícios à saúde da pele e dos cabelos. Em versões naturais ou sintetizadas, ela ajuda a reter umidade e cria uma camada de proteção contra fatores externos agressivos.

 

Entenda os benefícios da glicerina

É importante destacar que essa substância se apresenta em diferentes formas, mas com características em comum: incolor ou amarelada, com uma consistência de xarope. O ingrediente vegetal, ou glicerol, é um carboidrato extraído dos vegetais, garantindo maciez no corpo e nas madeixas.

glicerina

Substância encontrada em sabonetes e cosméticos ajuda a manter a pele hidratada. Foto: iStock, Getty Images

A bidestilada, por sua vez, é de origem animal. Ela é feita a partir da extração de propriedades do sebo bovino e suíno, sendo comercializada através de produtos como sabonetes, shampoos e cremes hidratantes. O ingrediente auxilia no fortalecimento das unhas e dos cabelos.

 

Nos fios, a substância atua retendo a umidade – ajuda a evitar o ressecamento – e criando uma barreira protetora nas madeixas. O ingrediente conta, ainda, com propriedades que evitam o surgimento de pontas duplas, justamente por proteger os fios contra agressões externas presentes nos ambientes.

 

As vantagens da glicerina para a pele também são significativas. Um estudo conduzido na Dinamarca, em 2003, apontou que a elasticidade da pele melhora consideravelmente, com apenas uma aplicação da substância no rosto, durante dez minutos. Assim, ela ajuda a suavizar  rugas e linhas de expressão.

 

É relevante pontuar, ainda, que a glicerina vegetal é uma poderosa aliada da hidratação nas unhas. Sua fórmula age com maior eficácia quando aplicada diretamente sobre elas, garantindo melhores resultados na purificação das mãos do que os próprios cremes.

 

Cuidados com a glicerina

Por ser um ingrediente poderoso, a substância precisa ser utilizada nas quantidades ideais. Essa é a grande vantagem dos produtos comercializados: eles já trazem uma fórmula consagrada, com concentração adequada.

Além disso, a composição dos cosméticos já apresenta a glicerina combinada com outros ingredientes, que ajudam a potencializar suas vantagens. Assim, o equilíbrio entre as substâncias é uma garantia a mais de que não haverá efeitos colaterais negativos através do uso.

Nas receitas caseiras com esse ingrediente, é preciso ter cuidado. Especialmente a substância vegetal, quando aplicada diretamente na pele, pode trazer efeitos negativos se utilizada em quantidades erradas. Nesse caso, o efeito é inverso: ao invés de hidratar, ela resseca a epiderme.

Por esses motivos, é a combinação adequada de glicerina e outros emolientes que serve como base para a maioria dos cremes hidratantes ou sabonetes. Ainda assim, se você preferir adquirir a substância vegetal pura, para investir em tratamentos caseiros, é possível seguir algumas dicas.

Com o intuito de evitar o uso excessivo do ingrediente, prefira dissolvê-lo. Sempre misture um pouco da substância com o seu creme ou sabonete líquido, antes de aplicar no corpo. Assim, é mais fácil evitar possíveis reações alérgicas.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros