Os  desumidificadores são equipamentos essenciais para manter a saúde humana livre de doenças, especialmente em épocas de baixas temperaturas. Mas nem todos entendem como eles funcionam, nem estão cientes de sua importância. Por controlar a umidade dos ambientes, evitam a incidências de doenças respiratórias e alergias.

 

Desumidificadores atuam contra o mofo

Esses equipamentos são usados para conservar roupas, quadros, documentos, aparelhos de som e fotográficos, instrumentos de precisão e uma infinidade de objetos, protegendo-os contra a umidade causadora do mofo.

desumidificadores
Excesso de umidade no ar favorece crises de rinite e a proliferação de mofos no ambiente. Foto: iStock, Getty Images

Segundo a Sociedade de Pediatria de São Paulo (SPSP), é esse vilão, justamente o mofo, que pode provocar alergias respiratórias, rinite, asma, sinusite e também doenças mais graves. Ter um desumidificador em casa é a garantia de um ambiente equilibrado e saudável.

Os desumidificadores têm a capacidade de manter a umidade em um ambiente fechado em porcentagens consideradas saudáveis: entre 40% e 60% – conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS). Isso é possível por meio de um processo de condensação por resfriamento.  

O funcionamento deles é semelhante ao dos aparelhos de ar condicionado. Uma ventoinha retira o ar do cômodo com uma espiral gelada para condensar a umidade. Então o ar seco passa pela espiral quente, para ficar na temperatura ambiente.

Mas com uma infinidade de produtos no mercado, como escolher o melhor entre tanta oferta de desumidificadores? Primeiro, é importante entender que muita umidade pode levar a complicações de saúde e alguns tipos de danos permanentes à residência.

No entanto, a falta de umidade no ar também não faz bem à saúde. Segundo a Associação Nordestina Pró-Vida, isso pode dificultar a respiração e favorecer crises de sinusite e rinite.

Assim, o equilíbrio é fundamental e é possível que os níveis de umidade sejam ajustados com o equipamento. Antes de mais nada, ao pensar em comprar qualquer um dos tipos de desumidificadores, você deve fazer uma comparação dos modelos por capacidade, eficiência de energia e tamanho, para saber qual o mais adequado para você e sua família.

Ajuda ao desumidificador

Não deixe todo o trabalho por conta do aparelho. Você também precisa fazer a sua parte. Há alguns pontos que você precisa verificar para impedir que a umidade tome conta de sua casa.

Assim, antes de investir em um desumidificador, verifique itens como: a canalização, que não pode estar entupida, veja se as áreas de evacuação de águas oriundas das chuvas não estão a um metro de sua casa. Repare se nenhuma máquina de lavar ou de secar roupa tem fuga d´agua, veja se na cave não há fuga nas canalizações.

Quando tomar banho, mantenha as janelas abertas para permitir que o banheiro seja arejado e ajudar a secar a umidade das paredes. Não deixe água acumulada no chão do banheiro. E, na cozinha, tenha um exaustor para absorver qualquer tipo de vapor.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 

 

É fã do Doutíssima? Acompanhe o nosso conteúdo pelo Instagram!


DEIXE UMA RESPOSTA