O período das férias de verão no Brasil se aproxima e grande parte das pessoas aproveita a época para viagens em família. Mas como fazer quando se tem crianças de colo? Saiba que é preciso algumas medidas para quem for viajar de avião com bebê

 

De acordo com a Associação Brasileira de Agências de Viagens do Maranhã (Abav), o primeiro passo é verificar com a companhia aérea se há limites para peso de bagagem ou sobre o que pode ser levado na mala de mão ou na que será despachada.

 

A Cartilha de Medicina Aeroespacial do Conselho Federal de Medicina (CFM) alerta para a necessidade de os pais se informarem sobre possíveis epidemais ou endemias e as vacinas necessárias para o local de destino. Quando se tratar de recém-nascido, a orientação é aguardar pelo menos uma semana de vida para viajar. Esse cuidado garante a ausência de problemas congênitos ou respiratórios que possam vir a prejudicar a criança.

 

O guia também informa que os pequenos podem sentir dores de ouvido, principalmente no pouso ou aproximação final da aeronave. Durante essas fases, como prevenção, é recomendado que a criança mame no peito ou na mamadeira, chupe chupeta ou, mesmo, beba água no copo.

 

Além disso, as crianças com congestão nasal podem ser medicadas com anti-histamínicos e descongestionantes tópicos 30 minutos antes do pouso.

 

Quer saber mais dicas sobre como viajar de avião com bebê? Confira o infográfico a seguir: 

 

Fortissima - Viajar de avião com o bebê


DEIXE UMA RESPOSTA