Sextoys podem apimentar o relacionamento a dois ou promover momentos de prazer sozinho. Mas alguns cuidados são necessários para garantir a segurança no uso, tanto para a durabilidade do produto quanto para a saúde de quem usa.

Camisinha e sextoys

Segundo Paula Aguiar, presidente da Associação Brasileira de Empresas do Mercado Erótico e Sensual (Abeme), são várias as razões para se usar os sextoys com camisinha. A primeira é o aumento da durabilidade do produto por não entrar em contato com a secreção do corpo.

sextoys-Fortissima-iStock-Getty-Images
Uso de preservativo com sextoys ajuda a prevenir possíveis problemas, como doenças sexuais. Foto: iStock, Getty Images

“A vida útil é ampliada como qualquer equipamento por não pegar umidade, não entrar em contato com fluídos que podem comprometer a parte elétrica do aparelho”, explica.

De acordo com ela, o uso da camisinha com os sextoys também é ideal por uma questão de saúde. “Os brinquedos podem ter ranhuras e encaixes, espaços que podem, de alguma forma, criar culturas de bactérias”, instrui.

Paula ainda comenta que o uso da camisinha preserva o corpo em caso de sextoys de inserção. O preservativo protege o canal vaginal e, em caso de penetração anal, o contato com as bactérias e fungos, capazes de contaminar o acessório e o usuário, é eliminado.

A especialista lembra ainda que a manutenção e a saúde dependem também da higienização correta dos brinquedos sexuais. O ideal é limpar antes e depois do uso, e não apenas um dos dois.

A especialista ainda lembra que é preciso seguir as instruções do fabricante porque existe uma grande variedade de materiais e cada um tem necessidades específicas de limpeza.

Outra questão apontada por Paula é que o próprio preservativo pode ser um objeto de prazer. “Hoje em dia eles vêm com sabor, retardam a ejaculação, permitem maior sensibilidade, e esses podem ajudar na melhoria do prazer tanto para homem quanto para mulher”, lembra.

 

Sextoys podem melhorar a vida sexual

O autoconhecimento orgástico é uma das maiores razões para o uso de sextoys como anéis penianos, estimuladores de próstata e tantos outros itens. Paula comenta que o uso de vibradores pode ser até uma recomendação médica.

A especialista menciona estudos que observaram o efeito de sextoys vibratórios na descoberta de zonas de prazer e auxílio para a chegada ao orgasmo quando esse não ocorre com frequência.

Na menopausa, um brinquedinho também pode fazer a diferença. Um estudo conduzido pela Yale University School of Medicine descobriu que vibradores são ótimos para tratar um dos sintomas causados pela extinção da menstruação: a falta de lubrificação natural. A ação vibratória estimula os vasos sanguíneos locais, fazendo tudo funcionar como antes.

Segundo a presidente da Abeme, o que mais vende no Brasil são os cosméticos sensuais: géis excitantes, o “vibrador líquido” feito com extrato de jambu, e aqueles para sexo oral e anal.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


DEIXE UMA RESPOSTA