Imagine que você irá subir ao altar em breve. Todo o planejamento de meses, e muitas vezes anos, está prestes a virar realidade. Mas quem garante que tudo irá ocorrer como na sua imaginação? O papel do cerimonialista é organizar e assegurar que seu casamento seja ainda mais memorável.

Para que serve um cerimonialista

Além de atuar no grande dia, o cerimonial de um casamento também auxilia no planejamento do matrimônio, de maneira que os noivos possam aproveitar seu momento com tranquilidade.

cerimonialista-doutissima-istock-getty-images
Cerimonialista do casamento organiza e planeja o evento junto dos noivos. Foto: iStock, Getty Images

Dentre algumas das funções do cerimonialista está a sua disponibilidade para atender e auxiliar o casal em qualquer questão. Além disso, o profissional fica responsável por combinar reuniões periódicas para acertar detalhes e preparar cronogramas junto com os noivos.

No dia do casamento, a presença do cerimonial na igreja serve para dar assessoria e orientações aos participantes do cortejo, noivos e convidados, e coordenar a atuação de outros profissionais, como músicos e fotógrafos.

A equipe cerimonialista cuida também da recepção, para garantir que todo planejamento das reuniões prévias esteja em andamento. É responsável assim por receber os convidados, administrar o serviço do buffet, trabalhra em conjunto com o DJ ou banda, e estar à disposição de todos para ajudar no que for preciso.

Para saber como escolher a opção mais adequada ao seu casamento, você primeiro deve analisar o orçamento disponível para cada item do evento. O cerimonial é um deles. Observe o atendimento que a empresa em questão concede aos clientes. Se em algum momento você não se sentiu confortável, descarte imediatamente e poupe o risco da decepção no grande dia.

Tome muito cuidado com locais que realizam vários casamentos com a mesma equipe em apenas um dia. O trabalho pode sair apressado e mal feito. Converse com amigos que casaram e investigue suas indicações. A melhor decisão será aquela tomada junto com o noivo.

Não sobrou dinheiro para o cerimonial, e agora?

Nem todos os casais tem condições de arcar com as despesas de um cerimonial ou até mesmo não o acham necessário. Se você optou por não ter uma equipe cerimonialista, confira 5 passos para que o matrimônio na igreja seja organizado.

 

1. Os primeiros a chegar ao local da cerimônia são os padrinhos. O casal convidado pela noiva entra, seguidos pelo casal convidado pelo noivo, de forma alternada, até que todos se posicionem. Os padrinhos da noiva ficam à esquerda e os do noivo ao lado direito do altar.

 

2. Em seguida, o noivo entra de braços dados com a mãe, sempre à esquerda do filho. Eles devem se posicionar ao lado direito do altar, e aguardar a entrada da noiva.

 

3. A entrada seguinte são das daminhas de honra e pajens. Com a menina à esquerda e o menino à direita, as crianças devem entrar antes da noiva ao som de uma melodia bem suave e agradável.

 

Ainda, é possível que o casal entre junto da noiva. O pajem carrega as alianças dos noivos e a dama pode ajudar a noiva a segurar o buquê na chegada ao altar.

 

4. Após todos convidados se posicionarem, é chegada a hora da noiva. As portas do local devem ser fechadas. Assim que estiver pronta para entrar, a marcha nupcial ou músuca especial escolhida começa.

A noiva deve ficar de braços dados com o pai ou figura paterna, onde ela fica do lado direito e ele do esquerdo.

 

5. Ao fim do casamento, a ordem de saída da igreja deve ser a seguinte: noivos, pais do noivo, pais da noiva e por último, os padrinhos.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


DEIXE UMA RESPOSTA