O verão está chegando, acompanhado da urgência de eliminar os quilos extras com rapidez. Para ficar de bem com a balança, muitas mulheres investem no cardápio detox. Com o propósito de eliminar toxinas, ele pode ser uma boa alternativa para quem deseja entrar em forma. Desde que seja feito com acompanhamento profissional.

A nutricionista Bruna Murta, da rede Mundo Verde, explica que a detox tem como objetivo principal eliminar os impactos negativos proporcionados pelas toxinas no organismo. “Essas toxinas vêm de diversas fontes, tanto alimentares, quanto ambientais. Elas debilitam o sistema imunológico, dificultam a perda de peso e levam ao envelhecimento precoce”, afirma.

cardapio-detox-doutissima-istock-getty-images
Cardápio detox é alternativa para quem deseja entrar em forma e eliminar toxinas. Foto: iStock, Getty Images

Como fazer um cardápio detox?

A ideia da dieta detox, conforme lembra Bruna, é priorizar os alimentos orgânicos, como arroz integral e quinoa, castanha do Brasil, clorofila ou suco verde, couve, couve-flor, brócolis, gengibre, semente de abóbora, suco de uva integral, suco de cranberry e grão de bico. 

A partir da avaliação profissional, poderá ser definido um cardápio e a suplementação de acordo com a duração do tratamento. “A detox pode variar de 7 até 30 dias”, destaca a nutricionista. No período devem ser evitados, principalmente, alimentos industrializados e refinados, com corantes, conservantes e excesso de sal.

Substâncias como o glúten e a lactose também são retiradas do cardápio detox, junto com açúcares, adoçantes, carnes vermelhas ou de frango e bebidas alcoólicas. “É uma dieta sem resíduos, que envolve o consumo de frutas, legumes, verduras e fibras integrais”, destaca Vivian Ragasso, nutricionista esportiva do Instituto Cohen (SP).

O cardápio pode, ainda, ser enriquecido com grãos, sementes, frutas secas e oleaginosas durante o dia. “A detox preconiza tanto a limpeza do organismo, quanto a ingestão de nutrientes importantes”, explica Vivian. Por isso, o cardápio é ideal para pessoas com hábitos alimentares ruins.

“Quem está acostumado a comer produtos industrializados, logo percebe os benefícios da alimentação saudável no corpo durante a dieta detox”, diz ela. Dessa forma, o cardápio incentiva a pessoa a manter uma nutrição melhor, mesmo após o fim do período.

Cuidados com a dieta detox

A principal orientação para quem deseja desintoxicar o organismo e emagrecer com a detox é procurar um profissional da Nutrição. “O cardápio não deve ser seguido sem acompanhamento do nutricionista, pois eventualmente podem ocorrer deficiências nutricionais e mal-estar físico, especialmente nas dietas longas”, lembra Bruna.

 

A orientação nutricional também é fundamental para evitar a reabsorção das toxinas. “O profissional precisa realizar uma avaliação nutricional individual no paciente para verificar a suplementação necessária de probióticos para a reposição da flora intestinal e para que ele possa suportar todo o processo”, conclui ela.

 

Por isso, a dica para eliminar os quilos extras e melhorar a saúde é manter uma alimentação o mais natural possível e consultar um especialista para monitorar sua evolução. Assim, você poderá encarar o biquíni sem neuras.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre cardápio detox? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


DEIXE UMA RESPOSTA