Guia da Corrida

Alongamento e gelo ajudam a reduzir a dor na sola do pé

Por Redação Fortíssima 20/01/2016

A dor na sola do pé tem em traumas, doenças e lesões suas causas mais prováveis. Quando acompanhada de sensibilidade em área específica, pode ser o sinal de um problema que exige a sua atenção.

dor na sola do pé-shutterstock-doutíssima

A dor na sola do pé pode ter origem em diferentes problemas. Foto: Shutterstock

Causas da dor na sola do pé

Sempre que estamos em pé, toda a pressão exercida pelo corpo é suportada pelas solas – seja caminhando, correndo ou simplesmente parado. Ou seja, os pés servem para absorver o impacto dos choques com o solo. Tudo a partir de seus 26 ossos e outros tantos ligamentos.

Quando há um desgaste contínuo nesses membros, é possível a ocorrência de dor nas solas – e em outras partes, como calcanhares, curvaturas, arco ou planta. Além disso, há alguns problemas médicos que têm nas solas doloridas um de seus sintomas.

A fascite plantar, por exemplo, é uma das enfermidades mais comuns. Trata-se da inflamação do tecido conhecido como fáscia plantar, que se localiza na sola e liga o osso do calcanhar aos dedos.

Essa inflamação causa uma dor aguda, que é mais intensa durante a manhã e diminui ao longo do dia, mas que pode retornar a qualquer momento quando se fica muito tempo parado em uma mesma posição. Segundo pesquisa publicada na revista Medical Clinics North America, 70% das pessoas que apresentam esse problema são consideradas obesas.

Há também a metatarsalgia, sentida na parte da frente da sola do pé. Ela pode ser o resultado de má circulação ou ainda de anormalidades comuns, como a artrite ou lesão nos nervos.

Nesse último caso, a ligação mais comum é o estresse repetitivo ou a formação do chamado neuroma de Morton – inflamação de um nervo, geralmente entre o terceiro e o quarto dedo do pé.

Como obter alívio

Vale lembrar que apenas um profissional especializado está apto a determinar qual é a causa da dor que você sente. Ainda assim, há algumas dicas simples que podem ajudar a aliviar os sintomas e reduzir a dor na sola dos pés:

  • Bons sapatos: invista em calçados de qualidade, com suporte para o arco, amortecedores e saltos médicos. Evite usar sapatos de salto alto e andar de pés descalços em superfícies duras. Fique atento ainda ao uso de sapatos desgastados, que devem ser trocados antes que o amortecimento e o suporte seja perdido
  • Compressas de gelo: caso a sola de seus pés esteja dolorida, coloque uma compressa de gelo sobre a área de 15 a 20 minutos, três ou quatro vezes por dia. Ela proporcionará alívio e também ajudará a diminuir a inflamação
  • Alongamento: exercícios simples podem ajudar no combate à dor na sola do pé, músculos próximos e tendão de Aquiles. Para alongar, logo pela manhã use uma toalha enrolada sobre a planta do pé e puxe as duas extremidades por alguns segundos.

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros