Especialidades > Saúde > Slider Home

Conheça 6 doenças que podem afetar o seu útero

Por Redação Fortíssima 14/07/2016

É no útero que o feto se desenvolve e ganha vida. No entanto, esse órgão de extrema importância para o aparelho reprodutor feminino é muito sensível e pode ser acometido por doenças silenciosas. Algumas enfermidades são tão perigosas que causam a infertilidade e até mesmo a morte.

Por isso, entre em contato com ginecologista ao sentir qualquer dor ou sintoma estranho. Grande parte das doenças podem ser tratadas, desde que diagnosticadas precocemente. Lembre-se de fazer todos os exames recomendados por seu médico e jamais descontinue os tratamentos indicados pelo especialista.

 

Útero doente: 5 sinais preocupantes

A seguir, confira uma lista de sintomas que podem significar doenças no útero:

  • Muito sangue durante a menstruação e pequenas hemorragias durante o ciclo
  • Dores no útero durante a penetração
  • Inchaço na barriga fora do período de tensão pré-menstrual
  • Cólicas fortes e que causam até ânsia de vômito
  • Dificuldade para engravidar após muitas tentativas
Útero

Dor na região do abdômen é um dos sintomas das doenças de útero. Foto: iStock, Getty Images

Fique de olho nelas

Separamos uma lista de seis doenças perigosas e que podem acometer o bom funcionamento do útero. Confira quais são as suas causas e principais características. Afinal, não dá para descuidar da saúde.

Cervicite

É também conhecida como a inflamação do colo de útero. Essa doença é normalmente causada por bactérias já existentes no organismo feminino, mas também pode ser desencadeada por micro-organismos transmitidos por relações sexuais. Os principais sintomas são coceira, corrimento, pele avermelhada, febres e dores no abdômen.

Adenomiose

Atinge principalmente mulheres com mais de 35 anos. É causada pelo crescimento exagerado do endométrio – tecido que reveste o útero – e invasão do espaço destinado à musculatura desse órgão. A paciente com adenomiose tem cólicas fortes, ciclo menstrual irregular e dores nas relações sexuais. Alguns quadros são assintomáticos.

Sinéquia

É caracterizada pela união das paredes internas do útero. Pode ser diagnosticada após alguma inflamação ou aborto.

Miomas

São tumores benignos compostos por tecidos musculares e desencadeados pelo estímulo de alguns hormônios. Os traços mais identificados nas pacientes com miomas são fluxos menstruais fortes, inchaço no abdômen, anemia, dores na região pélvica, disfunção no trabalho do aparelho urinário e dificuldade para engravidar.

Pólipos

São conjuntos de tecidos que se localizam na camada interior do útero. É uma doença benigna e que não traz muitos riscos à saúde. Os sintomas dos pólipos uterinos são ciclos menstruais alterados, sangramentos entre as menstruações, presença de sangue após masturbação ou relação sexual e dificuldade para engravidar.

Câncer do colo do útero

Um dos tumores mais frequentes entre mulheres. O câncer do colo de útero é causado pelo vírus do HPV (Papilomavírus Humano). Pode ser diagnosticado com o exame anual de Papanicolau. Os sintomas mais vistos em pacientes são sangramento vaginal, corrimento fétido, dores no útero e no abdômen.

E você, está de olho na sua saúde? Aproveite e compartilhe o artigo!


Sites parceiros