Beleza > Pele

Pasta de dente na espinha? 3 erros comuns no tratamento para acne

Por Debora Stevaux 03/05/2018

Como cuidar da pele com acne? O problema que pode ser causado por diversos fatores, entre eles o desequilíbrio hormonal, estresse e alimentação nem sempre é tratado com a seriedade que deveria. E embora algumas receitinhas naturais como máscaras de argila sejam indicadas para alguns casos, nem sempre todas as substâncias devem entrar para a rotina de cuidados com a pele.

Embora uma série de produtos naturais como a argila possa ser incluída na rotina de cuidados com a pele oleosa ou acnéica, erros comuns como o uso de pasta de dente na espinha podem prejudicar a saúde da derme. (Foto: iStock)

Isso porque, primeiramente, para fazer o diagnóstico, é necessário que haja o parecer de um especialista. O que evita o surgimento de dúvidas tão recorrentes sobre o uso de produtos comuns. Por exemplo, quem nunca ouviu dizer ou já se perguntou se pode usar pasta de dente na espinha?

Leia mais: 7 tipos de argila e como inseri-los na sua rotina de cuidados com a pele

E mesmo que essas soluções caseiras pareçam inofensivas, é capaz que, dependendo do caso, elas causem um efeito rebote, como é classificado por dermatologistas a defesa do corpo que, como consequência, acaba por agravar os sintomas que deveriam sumir com o tratamento. E para responder suas principais dúvidas sobre o assunto, contamos com a ajuda do Dr. Jardis Volpe, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBP). Então, vamos lá?

 

  • Posso usar pasta de dente na espinha?

 

O especialista indica que não. “Ela pode até secar a acne, em função de alguns componentes como o bicarbonato de sódio, peróxido de hidrogênio, álcool, mentol e óleos essenciais. Mas traz alguns riscos como vermelhidão, irritação, descamação e em alguns casos, pode até queimar a pele”, explica.

Para dar início a um tratamento adequado contra as espinhas é imprescindível a ajuda de um especialista, no entanto, se você precisar se livrar de alguma por conta de uma reunião ou evento importante, dissolva um comprimido de aspirina com um pouquinho de água e aplique a pasta com um cotonete em cima da acne, deixando agir à noite. “Isso porque o ácido acetilsalicílico tem ação anti-inflamatória”, conta.

Veja também: Saiba como acabar com a acne através de 5 dicas de alimentação saudável

 

  • Posso usar colírio como remédio para espinhas?

 

Pode parecer estranho, mas algumas pessoas fazem uso. No entanto, a recomendação também é negativa. Isso porque embora o colírio para olhos vermelhos tenha componentes capazes de reduzir os vasos, melhorando a vermelhidão da área, há grandes chances do produto provocar um efeito rebote.

“A vermelhidão pode voltar mais forte e o efeito é muito temporário. Por isso, prefira usar gelo, que também tem efeito anti-inflamatório e pode ajudar a desinchar. Mas só funciona em espinhas isoladas, daquelas vermelhas e internas, sem coloração amarelada. Logo após, pode-se aplicar um creme com ácido salicílico ou peróxido de benzoíla, ambos recomendados sob prescrição médica”, acrescenta.

Leia mais: Quais são os óleos essenciais e produtos de beleza adequados para cada signo?

 

  • Posso usar açúcar com limão para esfoliar a pele?

 

Um dos passos para purificar os poros é, certamente, através da esfoliação. Porém, mesmo que o limão seja conhecido como uma fruta com grande capacidade adstringente, caso a pele fique em contato com o Sol, é comum que apareçam manchas.

“Além disso, pode causar ressecamento e alergias. É importante saber que quem tem a pele mais fina e delicada deve optar por produtos mais suaves com grãos esfoliantes regulares em fórmulas com ativos calmantes. É fundamental que, logo após a esfoliação, a pele seja hidratada. Por isso, recomendo produtos com ácido hialurônico, vitaminas C e E. Para reduzir irritações, use cosméticos à base de aloe vera e alpha-bisabolol que acalmam e hidratam”, esclarece.


Sites parceiros