Amor e Sexo > Sexualidade

Sabrina Sato revela o porquê de achar desconfortável o sexo na gravidez

Por Debora Stevaux 23/08/2018

A apresentadora Sabrina Sato, que está no 6º mês de gestação de uma garotinha, revelou no último dia 30 de julho, em um vídeo postado em seu canal, que não é adepta do sexo na gravidez. Segundo ela, a sensação de ‘ficar meio sem graça’ é inevitável, conforme contou à Shirley Hilgert, à frente do canal “Macetes de Mãe”.

A apresentadora, que está no 6º mês de gestação, contou que não se sente confortável para fazer sexo na gravidez. Saiba quando o ato é contraindicado. (Foto: Divulgação/Daniel Pinheiro)

Casada com o ator Duda Nagle, a paulista não hesitou em abrir o jogo sobre esse tema que ainda é considerado tabu por muitas gestantes. “O médico me liberou, só que eu fico meio sem graça, sabe? A bebê está aqui, aí eu falo ‘Filha, dá licença que agora vou fazer amor com o papai’”, contou.

A preparação física de Sabrina Sato para o carnaval

Sabrina também disse que, apesar de ter conversado com várias amigas sobre o tema, o barrigão é um fator que incomoda. “Tenho amigas que viram e falam assim para mim: ‘Sabrina, na gravidez eu tinha vários orgasmos. Na gravidez, eu era um furacão.’ Gente, com essa barriga, você vira para um lado, vira para o outro. Não dá para variar muito”, completa.

Inspire-se na beleza de Sabrina Sato e entre em forma

A apresentadora também disse que a posição ‘de ladinho’ é a mais adequada, porém que acha desconfortável transar durante a gravidez. “Fico com vontade, mas na hora de fazer acho desconfortável. Qual a outra posição além da de ladinho? É a melhor. A gente só dorme de lado”, disparou.

Sexo na gravidez só é contraindicado em alguns casos

Embora o sexo na gravidez não seja contraindicado, de forma geral, por não representar nenhum risco ao bebê, é necessário que sejam tomados alguns cuidados. Um deles é o uso de preservativo para evitar o contato direto com o sêmen do parceiro e reduzir significativamente as chances da mãe de contrair sífilis ou zika. Se o seu marido também já tem histórico de herpes genital, não é indicado que vocês mantenham relações sexuais durante a gravidez.

Conheça (e copie!) o treino de Sabrina Sato

Se você já teve sangramentos, dores no abdômen ou cólicas de qualquer outra ordem, já sofreu de insuficiência no colo do útero ou acabou desenvolvendo a condição chamada de ‘placenta baixa’, não é indicado transar durante a gravidez. O fato de algumas gestantes afirmarem sentir mais prazer durante o sexo pode ser explicado. Conforme aumenta o fluxo sanguíneo na pélvis, a área, consequentemente, terá maior irrigação, intensificando, assim, a sensibilidade da região e catalisando o orgasmo.

Confira o vídeo completo:

Sabrina Sato dá 10 dicas para um corpo ideal


Sites parceiros