Sexualidade

Alimentos afrodisíacos funcionam? Veja os mitos e verdades

Por Redação Doutíssima 05/11/2014

Não é de hoje que alguns alimentos são conhecidos como afrodisíacos, ou seja, que podem ajudar na excitação sexual. Já no século XVIII, por exemplo, Giacomo Girolamo Casanova, um, famoso conquistador, comia 50 ostras todas as manhãs para aumentar a sua resistência sexual.

Ou seja, há muito tempo que alguns alimentos são conhecidos pela sua eficácia em apimentar a vida sexual, mas o que muitos se perguntam é o seguinte: os alimentos afrodisíacos funcionam?

alimentos-afrodisíacos-funcionam

Descubra se aquele alimento supostamente afrodisíaco realmente funciona. Foto: iStock, Getty Images

Como os alimentos afrodisíacos funcionam

Se você quer saber se os alimentos afrodisíacos funcionam, primeiro precisa entender que eles podem receber essa classificação devido a diversas características. Alguns possuem propriedades químicas que podem aumentar os níveis de testosterona ou estrogênio, aumentando, assim, o desejo sexual. Outros são considerados sexy puramente por causa de sua aparência.

Ou seja, responder se os alimentos afrodisíacos funcionam é relativo, mas pode-se dizer que algumas comidas contribuem, mesmo que indiretamente, para uma vida sexual saudável. Se você quiser saber mais sobre isso, veja abaixo uma lista com alguns mitos e verdades sobre alimentos que podem ter esse tipo de efeito.

Descubra se os alimentos afrodisíacos funcionam ou não

Ostras aumentam a libido: Verdadeiro

Esse é o clichê de todos os alimentos afrodisíacos, e pode ser considerado como tal por duas razões. Primeiro porque é rico em zinco, que controla os níveis de progesterona, que têm um efeito positivo sobre a libido – sua deficiência, por outro lado, pode causar impotência nos homens.

Outro ponto a favor das ostras é que muitas pessoas acreditam que sua forma lembra o órgão sexual feminino. O fato é que as ostras estão entre os alimentos afrodisíacos funcionam, desde que você não espere delas um efeito como o do viagra.

Chocolate aumentam a libido: Falso

A maioria dos pesquisadores acredita que as pequenas quantidades de triptofano e feniletilamina podem ser associadas somente com prazer e bom humor. No entanto, em relação ao desejo sexual, o chocolate pode não ter muito efeito.

Segundo pesquisadores uma pessoa de 60 quilos teria que comer 11 quilos de chocolate em uma única sessão para obter qualquer tipo de sentimento de euforia. E comer muito chocolate em uma única vez, definitivamente, não é sexy.

Açafrão estimula o desejo: Verdadeiro

É verdade que o açafrão, de acordo com um estudo da Universidade de Guelph, no Canadá, pode desencadear a paixão. Para isso, é necessário usar uma dose de 200 mg diariamente, para melhorar o desempenho.

Pimenta pode aumentar a excitação: Falso

Aparentemente a pimenta não pode ajudar na excitação sexual. Refeições picantes podem ajudar o coração a bombear mais sangue e causar uma onda de aumento da temperatura do corpo, aumentando a transpiração. Portanto, a pimenta só pode colocar fogo me seu estômago, não tendo efeito algum entre os lençóis.

Morango e champanhe: estes alimentos afrodisíacos funcionam? Verdadeiro

O morango, seja pela sua cor, sabor ou forma, é conhecido como o fruto do desejo; já o champanhe é utilizado como uma forma de brindar o amor. Juntos ou separados, tornaram-se uma combinação perfeita. Mas cuidado com o álcool, mesmo que ele possa aumentar a excitação sexual, em excesso pode impedir um bom desempenho sexual.


Sites parceiros