[the_ad_group id="16401"]
Amor e Sexo > Sexualidade

Álcool x sexo: bebidas podem atrapalhar no desempenho sexual

Por Francine Costanti 20/12/2019

Quem nunca passou pelo nervoso do primeiro encontro e decidiu beber algo para ficar mais à vontade? Sim, a maioria das pessoas fazem isso para que o sexo fique menos tenso, mais leve e prazeroso. 

Mas saiba que o excesso de álcool durante uma relação pode atrapalhar seriamente o desempenho na cama e causar inúmeros malefícios para a saúde mental, inclusive esquecer de usar preservativo. 

Para que você tenha uma noite agradável com seu parceiro sem abusar de bebidas alcoólicas e que seja um momento seguro, saudável e divertido, batemos um papo com o Dr. Flávio Iizuka, urologista e diretor da Climedin, que tira as principais dúvidas sobre o assunto. Leia abaixo: 

Excesso de álcool durante o sexo 

O álcool é um inibidor do sistema nervoso central. Então, prejudica a ereção, o orgasmo e todo o desempenho sexual. O que realmente causa certa confusão é que, com doses baixas, o efeito inicial do álcool provoca uma desinibição.

Com isso, a pessoa perde a timidez e acaba ficando mais sociável e com mais facilidade de se aproximar de pessoas. Mas, com relação ao desempenho sexual, a resposta é que o álcool tem um efeito muito negativo, então prejudica bastante.

Malefícios para o homem

O primeiro malefício é que o álcool engorda, tem caloria alta e o consumo frequente do álcool, de cerveja, por exemplo, faz a pessoa ter barriga de cerveja. Quanto mais álcool tiver, mais caloria tem e todos fazem mal a saúde e começam a intoxicar e provocar danos ao fígado e também provoca a dependência, momento em que a pessoa acaba sofrendo com o alcoolismo, ou a dependência química ao álcool.  

Por que os homens não deveriam fazer sexo bêbados? Saiba o motivo!

Se não bastasse isso, o álcool prejudica também os reflexos. A pessoa que bebe e depois vai operar uma máquina pode sofrer um acidente e isso é muito visível com os acidentes de automóvel. 

A bebida é uma das maiores causas de acidente de automóvel. É possível ver que casas e bares que oferecem bebidas alcoólicas têm uma incidência alta de grandes confusões e brigas que acabam em pessoas machucadas.

Malefícios para a mulher 

Para mulher os malefícios são muito parecidos, já que ela também tem todos os desempenhos sexuais prejudicados. A questão da lubrificação vaginal, excitação, o orgasmo… Tudo isso é prejudicado, porque o álcool deprime o sistema nervoso central, provoca sonolência, a mulher fica com vontade dormir, nauseada, vomitando…

Então, se beber muito, ainda pode esquecer uma relação protegida com camisinha e, às vezes, nem se lembrar que a relação aconteceu. E, se não bastasse, o álcool pode ser combinado com substância que, às vezes, são colocadas na bebida.

Álcool em excesso prejudica a ereção, o orgasmo e todo o desempenho sexual. Foto: iStock

Excesso de bebida e atos impulsivos

A bebida alcoólica, por ser um depressor do sistema nervoso central, age mascarando os centros inibitórios, ou seja, tira realmente o freio, mas é importante lembrar que ela não altera a personalidade da pessoa, ela só potencializa algo já existente. 

O que acontece é que, quando a pessoa toma a decisão de consumir bebidas alcoólica em excesso, perde alguns centro inibitórios, ou seja, eles são bloqueados da mente. 

Nesse sentido, a pessoa pode vir a manifestar um comportamento completamente inadequado, agressivo e impulsivo, fazendo coisas que normalmente não faria em situações em que não estivesse embriagado. 

Essa questão de brigar, agredir, provocar, fazer coisas de caráter social inaceitável geralmente não fazem parte do dia a dia, porque estão camuflados dentro das amarras sociais, das convenções da sociedade, que mantêm a pessoa dentro do trilho social e moral. 

Mais uma vez é importante ressaltar que o álcool não muda o caráter da pessoa. A pessoa embriagada é que muda o comportamento e, ao consumir álcool, simplesmente revela aquilo que se esconde atrás de uma máscara.

A bebida pode causar esquecimentos

Quando ingerida em excesso, a bebida pode provocar até o esquecimento com alguns devidos cuidados, pode mudar o julgamento da pessoa, sair com alguém que normalmente não sairia, que não se envolveria. 

Além disso, o indivíduo tem a perda da inibição que propicia isso e pode estar sujeito a não só usar camisinha para o sexo seguro, mas também ter relação com múltiplos parceiros, ter contato com drogas que não teria em situações normais, aceitar o uso de entorpecentes que nunca experimentou, por exemplo. Então, o álcool pode provocar certos esquecimentos e depois uma amnésia.

O álcool faz perder os sentidos 

O álcool sabidamente é uma droga que age no sistema nervoso central e algumas pessoas mudam a forma de discernir situações, o julgamento fica embaralhado, os reflexos ficam comprometidos e a memória fica afetada.. As pessoas podem se distanciar, ter um comportamento inadequado, conflitos não bem trabalhados, podem eventualmente fazer algo que se arrependam e isso cria grandes abismos no relacionamento.

Como evitar uma situação de risco? 6 dicas para um sexo casual seguro

O efeito do álcool pode acentuar mágoas, criar situações constrangedoras e conflitantes, pode partir para uma agressão física ou verbal, mas com grandes e duradouras repercussões de difícil solução. 

Esse conjunto de ações pode provocar um afastamento e os parceiros, muitas vezes, não se recordam de nada disso, um dos grandes perigos do álcool.

Quantidade de álcool recomendada

É permitido beber, contanto que essa dose seja uma taça de vinho ou uma lata de cerveja, mas claro evitar fazer isso de estômago vazio. Sabe-se que o álcool sobe rápido a cabeça, quando a pessoa não come nada. Às vezes se a pessoa tomar uma colher de sopa com óleo de azeite, ele não vai ter o efeito do álcool tão rápido. 

O grande perigo são os destilados, como a vodka ou o whisky, onde pequenas doses têm efeitos muito mais graves do que as doses habituais, como uma taça de vinho, por exemplo. 

Isso tudo depende de cada um e sabe-se que existem pessoas que estão habituadas a ingerir bebida alcoólica rotineiramente e outros que não estão acostumados. Não existe uma dose segura, o importante é se conhecer . Porém, ingerir bebida alcoólica antes do sexo faz mal, no geral. A única coisa que vai acontecer é desinibir a pessoa.


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]