Amor e Sexo > Sexualidade

Como evitar uma situação de risco? 6 dicas para um sexo casual seguro

Por Debora Stevaux 01/06/2018

Pode atirar a primeira pedra quem, quando solteira, nunca fez, pelo menos uma vez, sexo casual. Seja por intermédio dos aplicativos de paquera como o Tinder ou pelos velhos métodos de flerte em festas e barzinhos, a relação sexual pontual sem envolvimento amoroso – pelo menos num primeiro momento – tem sido algo comum entre os jovens.

Seja usando aplicativos de paquera como o Tinder ou pelos velhos métodos de flerte em festas e barzinhos, o sexo casual, como é caracterizada a relação sexual pontual e sem envolvimento amoroso é cada vez mais comum entre os jovens. (Foto: iStock)

No entanto, apesar de integrar o cotidiano de muita gente que gosta ou acha confortável a somatização do tesão com o desprendimento, uma coisa não pode ser acaso: no descuido com a saúde do próprio corpo. Até porque, analisando do ponto de vista prático, o sexo casual pode ser uma situação de risco, principalmente para as mulheres.

Leia mais: Por que não ser adepta da depilação íntima feminina?

Há tempos não é (pelo menos não deveria ser) condenável transar no primeiro encontro, porém, se for com um cara que você conhece há poucas horas, pode ser perigoso – principalmente se ele tiver uma conduta agressiva ou te oferecer drinques de procedência duvidosa. Por isso, listamos abaixo 6 dicas para se proteger quando for fazer sexo casual:

Como evitar uma situação de risco? 6 dicas para um sexo casual seguro

 

  • Sempre combine o primeiro encontro em um lugar público

 

Ele pode ser um cara muito legal, esclarecido, cuidadoso e paciente.. Porém, você sempre precisa se lembrar que não o conhece de verdade, mesmo aqueles com amigos em comum. Então, sempre combine um date em um local público. Se for um bar, marque de encontrá-lo em um que você conheça os donos ou garçons, enfim, alguém de confiança, para ter com quem contar se der algo errado durante o encontro.

Veja também: 4 dicas práticas de como apimentar sua relação

 

  • Compre sua própria bebida

 

Não é incomum sair com pessoas e, principalmente os homens, pagarem bebidas para você. No entanto, é sempre importante comprar e pegar a própria bebida no balcão do bar para não correr o risco de ser vítima do boa noite Cinderela. O método que consiste em colocar drogas, muitas das vezes compradas em farmácia, nos drinques de pessoas para facilitar a violência sexual, tem como principais objetivos causar sonolência e perda dos sentidos. Dependendo do medicamento dissolvido na bebida, as vítimas costumam acordar horas depois por estarem submetidas a um estado profundo de dormência, não à toa são chamadas de ‘rape drugs’, que em livre tradução para a língua portuguesa, significa ‘drogas para estuprar’.

 

  • Sempre avise alguém e dê o mínimo de informações sobre quem você está indo encontrar e onde

 

Pode ser uma amiga, um amigo, um familiar, a pessoa com quem você divide casa, enfim. É importante que pelo menos uma pessoa saiba onde você está e com quem. Assim, se acontecer alguma coisa ou se você se sentir em perigo, essa pessoa já tem as informações básicas para ir ao seu encontro.

Leia mais: Por que a falta de libido é tão comum entre as mulheres?

 

  • Leve e use o seu preservativo

 

O preservativo é uma das formas mais eficazes de evitar o contágio por doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) e a gestação indesejada. Portanto, sempre leve o preservativo na bolsa e não hesite em pedir para o parceiro colocar no momento em que as coisas esquentarem demais. É importante que você, durante o sexo, esteja à vontade e segura para curtir o momento. Fique atenta também para que ele não retire a camisinha durante a transa sem o seu consentimento.

Infelizmente essa é uma prática que tem se tornado cada vez mais comum segundo apontou um estudo divulgado no periódico científico Journal of Gender and Law. A palavra mais usada para classificá-la é stealthing’, que em livre tradução para a língua portuguesa significa ‘furtivo’.

Veja também: 6 dicas para fazer sexo oral em mulheres

 

  • Escolha bem o lugar que você vai transar

 

Toda escolha tem prós e contras, e não seria diferente com essa. Então, sempre preze pelo seu conforto e segurança na hora de transar. Algumas meninas se sentem mais seguras em transar em casa, nesse caso, deixe bem claro o horário limite para que o seu crush vá embora. Se for na casa dele, fique atenta ao endereço e se não se sentir confortável para dormir lá, vá embora quando quiser. Se você estiver sem muitas opções e escolher um motel, prefira ir em um que você já conheça.

Leia mais: Os perigos de usar hidratante e óleo de coco como lubrificante caseiro

 

  • Não hesite em falar não e pedir ajuda se perceber algo estranho

 

Como qualquer relação sexual, o sexo casual é um processo que vai desde o primeiro flerte, passando pelos amassos até a decisão de ir para um lugar mais tranquilo. No entanto, embora esteja tudo dando certo até o momento da transa, alguns comportamentos do parceiro podem te incomodar. Por isso, não hesite em dizer ‘não’, caso não goste de algo que ele esteja fazendo ou procurar ajuda em momentos em que você ache que está em risco. É fundamental que ele te respeite durante o ato e não force nada com você.


Sites parceiros