[the_ad_group id="16401"]
Clínica Geral > Saúde

Vacina contra a gripe: saiba por que você precisa fazer

Por Redação Doutíssima 30/05/2013

Para a maioria das pessoas, a gripe é uma doença desagradável, mas que não precisa de muitos cuidados.  O problema é quando ela leva ao desenvolvimento de quadros como o da bronquite e da pneumonia. Tudo isso sem falar no perigo que a H1N1 pode representar. Por isso, vale a pena apostar na vacinação.

Por que as pessoas devem se vacinar contra a gripe?

A vacina protege contra três (trivalente) ou quatro (tetravalente) tipos do vírus influenzaEla estimula o sistema imunológico a produzir anticorpos para atacar o vírus, o que ajuda você a se manter prevenido e longe da doença.

É preciso tomar um nova dose todos os anos, já que os anticorpos entram em declínio ao longo do tempo e as estirpes mais comuns podem mudar. Hoje estão disponíveis dois tipos de vacinas: a trivalente combate dois vírus do tipo A (H1N1 e H3N2) e o influenza B (subtipo Brisbane). A tetravalente protege contra esses três tipos e mais o influenza B do subtipo Phuket.

Pesquisadores da Universidade de Utah indicam que bebês nascidos de mães que receberam vacinas contra a influenza durante a gravidez são menos propensos a ter gripe até os seis meses de idade. Além disso, cientistas da Universidade de Birmingham revelaram uma maneira simples de aumentar a eficácia da proteção.

Eles descobriram que é possível ter uma resposta melhor do organismo se você fizer a vacina pela manhã. Os pesquisadores indicam que isso pode ocorrer devido ao sistema imunológico, que costuma estar mais ativo nesse período do dia.

Gripe

A vacina ajuda a manter você longe da gripe. Foto: iStock, Getty Images

Quem deve ser vacinado?

Todos podem se beneficiar da vacina, mas ela é crucial para algumas pessoas. Contrair a gripe coloca o organismo em risco de infecções secundárias e complicações graves, especialmente se você estiver em um grupo de alto risco.

Fazem parte do grupo bebês, crianças, idosos e pessoas com doenças crônicas (como diabetes, asma ou doença cardíaca). O mesmo vale para profissionais da área da saúde, expostos à presença de infectados.

As mulheres grávidas também fazem parte da lista e devem se vacinar independentemente da fase da gestação. Quem está amamentando também precisa fazer a vacina para proteger a si e passar os anticorpos protetores para o bebê.

Isso irá reduzir o risco do seu bebê de contrair a gripe. Vale saber que certas pessoas não são elegíveis para a vacina, incluindo crianças com menos de seis meses de idade. É importante ainda conversar com seu médico antes de ser vacinado, principalmente se você já teve reações graves à vacina no passado.

E você, já fez a vacina da gripe? Vale a pena ficar protegido.


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]