[the_ad_group id="16401"]
Gravidez Semana a Semana

Gravidez semana a semana: sexta semana de gestação

Por Redação Doutíssima 23/01/2014

Quando a mulher chega à sexta semana de gestação, diversas mudança no seu corpo são visíveis. Os hormônios estão se multiplicando à toda velocidade e trabalhando muito na sua condição e no seu humor. É comum ter sintomas mais intensos, mas estando preparada para a chegada deles você não ficará muito preocupada. É bom notar que cada mulher vivencia os sintomas da gravidez de maneira diferente. Existem mulheres que têm todos os sintomas possíveis, algumas têm alguns sintomas mas não todas, outras sortudas não passam por esses problemas. Quem sabe você também está no grupo da sorte?!

 

sexta semana de gestação

O corpo da mamãe

Na sexta semana de gestação seu corpo está cheio de evidências: ainda pode sentir enjoos, seus seios estão bem maiores e as vezes bem doloridos, sua cintura fica um pouco mais grossa… Os hormônios cheios de poder podem provocar uma baixa na libido da mulher. Não será sempre assim, explique para seu parceiro e não se sinta mal. É natural que você esteja muito focada na gestação. Contudo, cuide bem dos seus dentes. A gestante pode ter alguns probleminhas dentários devido às mudanças em seu corpo. Consulte seu dentista. Se você estiver super ansiosa para ver o bebê, pode fazer uma ultrassom com a indicação médica, mas ainda não será possível visualizar muito bem o bebê.

 

Sexta semana de gestação: O desenvolvimento do seu bebê

Seu bebê já está com o coração em desenvolvimento. Na sexta semana de gestação se formam as quatro cavidades e ele começará a bater em um ritmo cardíaco mais regular. O bebê já mede de 4 à 6 mme. Seus membros superiores e inferiores começam a se forma, assim como órgãos como rins e fígado. Na sexta semana da gravidez, o cérebro do seu bebê e o seu sistema nervoso também estão se desenvolvendo. Os futuros olhinhos surgirão das vesículas óticas que se desenvolvem durante a sexta semana.

 

A importância de seguir o pré-natal corretamente

O pré-natal é um dos primeiros atos de amor que você fará por seu filho. Se engajar com o médico à seguir as consultas corretamente é muito importante para que se tenha uma gravidez tranquila e que se garanta a saúde da mãe e do bebê. Sua primeira consulta pré-natal deve ocorrer assim que você suspeitar da gravidez, mesmo não tendo segurança de um exame de sangue, marque uma consulta o mais rápido possível co seu médico. O acompanhamento deve ser mensal. À partir da 32ª semana, as consultas são quinzenais e logo se tornam semanais à partir da 38ª semana.

Saiba mais

Gravidez semana a semana

Primeira semana

Segunda semana

Terceira semana

Quarta semana

Quinta semana

Sétima semana


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]