[the_ad_group id="16403"]
Gravidez Semana a Semana

Feto com 9 semanas deixa de ser considerado um embrião

Por Redação Doutíssima 20/04/2015

Passado o susto e a ansiedade normais da descoberta da gravidez, as expectativas se intensificam e os sinais da gravidez ficam cada vez mais claros. O feto com 9 semanas já tem formadas as suas pequenas articulações: cotovelos, ombros, joelhos e pulsos. Isso possibilita que ele se movimente livremente dentro da bolsa de água.

Suas pálpebras pequeninas se fecham e encaminham o amadurecimento dos olhos. Agora, ele não se chama mais de embrião e é definitivamente um feto, palavra latina que significa “um jovem”. O feto com 9 semanas tem tamanho aproximado de uma azeitona, 30 milímetros, cerca de cinco centímetros e oito gramas.

feto com 9 semanas

Cérebro do feto com 9 semanas cresce aceleradamente. Foto: iStock, Getty Images

Sons ficam mais claros para o feto com 9 semanas

O cérebro do bebê nesta fase da gestação cresce aceleradamente, a cada minuto são criados 100 mil novos neurônios, dando formação a este órgão tão complexo. O feto com 9 semanas é capaz de perceber os batimentos cardíacos e a respiração da mãe. Os sons emitidos por ela são cada vez mais claros para o bebê.

Por isso, as mamães podem intensificar suas conversas e as canções para o pequeno. E não precisa resistir. O feto com 9 semanas vive uma fase especialíssima e peculiar no útero da mamãe.

Ainda não é possível saber o sexo do bebê por meio de ultrassonografia, porque os órgãos genitais ainda não estão visíveis. Seus nervos e os seus músculos começam a se formar e os órgãos reprodutivos internos tornam-se os testículos, caso o seu bebê seja menino, e ovários, caso seja menina.

Mamãe do feto com 9 semanas se sente cansada

A mamãe do feto com 9 semanas está muito cansada e é bastante provável que nesta fase da gravidez ela esteja bastante enjoada, especialmente nos períodos da manhã, devido à ação dos hormônios.

Dor de cabeça e coceira na vagina, por causa da baixa no sistema imunológico, podem também afetar a mãe do feto com 9 semanas. Nessa etapa da gravidez é importante comer pequenas porções, mas de forma frequente, pois a glicose sanguínea deve ser mantida em equilíbrio e para garantir que os nutrientes cheguem ao bebê.

É comum que a gestante, nessa fase, note um aumento de peso, o que não deve estar necessariamente ligado à alimentação, mas sim associado à retenção de líquidos. Congestão nasal ou sangramentos no nariz são comuns na gravidez e podem se manifestar na nona semana.

Nesses casos, o melhor é usar um umidificador ou vaporizador para amenizar os sintomas. Além dos enjoos já mencionados, não se pode descartar a ocorrência de azia, indigestão e náuseas. Mas, não se preocupe, são sinais normais de uma gestação. No entanto, caso sentir algo diferente ou tiver dúvidas, não hesite em procurar o seu médico obstetra.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]