[the_ad_group id="16401"]
Filhos

Cuidado! Não ir ao pediatra com frequência dobra as chances de a criança adoecer

Por Dr. Magno Veras 04/03/2014

Ao contrário do que muitos pais pensam, as visitas do filho ao pediatra vão muito além do diagnóstico e tratamento quando a criança está doente. Diversas doenças podem ser evitadas com esta atitude simples!

pediatra

Quando seu filho fica doente você o leva ao pediatra ou ao Pronto Socorro? Se você faz parte do grupo que vai na 2ª opção, saiba que está dentro de uma tendência de substituição do pediatra de consultório pelo atendimento hospitalar. Essa troca pode apresentar riscos para o seu filho, de acordo com uma pesquisa realizada nos Estados Unidos.

Depois de analisar mais de 20 mil crianças, os especialistas descobriram que aquelas crianças que não comparecem com ao pediatra a frequência recomendada pela Academia Americana de Pediatra, até os 3 anos de idade, correm duas vezes mais risco de serem hospitalizadas. As chances duplicam em caso de doenças crônicas, como asma e problemas do coração. Isso porque quando estas famílias que perdem as consultas, perdem também a oportunidade de intervenção preventiva e detecção precoce de problemas.

 

O que diz o pediatra sobre as crianças

 

Para o pediatra Donizette Giamberardino, do Hospital Pequeno Príncipe (PR), os dados estrangeiros refletem também um comportamento brasileiro. “Atualmente, as famílias, por desconhecimento ou falta de tempo, só levam o filho ao pediatra quando ele está doente. Aí, por mais que a consulta seja bem feita, o médico não consegue conhecer a criança e os pais direito, por isso o atendimento fica mais imediato”.

O especialista explica que a função do pediatra, além de tratar da doença, é principalmente acompanhar o crescimento e o desenvolvimento da criança, a chamada puericultura. Para isso, o ideal é que as consultas sejam mais demoradas e que também sirvam para os pais tirarem dúvidas, trocar informações sobre a educação da criança, orientar sobre a alimentação, sono e fazer também a prevenção de doenças e acidentes.

 

 

Saiba mais:

Ajude a turbinar a imunidade das crianças

Do berço para a cama: como escolher a cama e o colchão para o seu filho

Terror noturno infantil: conheça as causas e como agir

O que fazer quando a criança não quer comer frutas e legumes

11 alimentos proibidos na lancheira das crianças

Dentista mostra que fazer quando a criança sofre um trauma dentário

Crianças obesas têm mais chances de continuarem obesas, diz estudo


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]