Filhos

Brinquedos para bebê: o que é ideal para a diversão na primeira infância

Por Redação Doutíssima 17/10/2014

A primeira coisa que você deve levar em consideração na hora de adquirir brinquedos para bebê é o estímulo que eles trarão para o seu filho. É importante considerar o incentivo à visão, coordenação motora e tato, pois essa é uma fase em que a criança estará se desenvolvendo e se descobrindo, sendo os brinquedos ótimas ferramentas para ajudar nessa descoberta.

brinquedos-para-bebês

Os brinquedos devem estimular sentidos desde os primeiros meses de vida. Foto: iStock, Getty Images

Veja opções de brinquedos para bebê

 

A primeira infância é uma fase que tem como indicação os tapetes de atividades, os mordedores, chocalhos e os móbiles que ficam em cima dos berços. Esses brinquedos para bebê não são tão elaborados ou complexos, devido à idade destinada, mas ajudam muito no desenvolvimento físico e mental dos pequenos. Esse é um ponto de grande importância que os pais não devem nunca se descuidar.

 

Nos tapetes de atividades a criança pode apertar bichos coloridos, que estimulam a sua visão, tato e audição, já que eles produzem sons que auxiliam o desenvolvimento desse sentido. Quando o bebê já estiver maior, é interessante colocá-lo de barriga para baixo no tapete, para que ele fortaleça os braços e o pescoço.

 

Móbiles, apesar de não serem tão considerados brinquedos de bebê, mas sim enfeites, também têm uma grande importância no desenvolvimento do pequeno. Enquanto ficam sobre os berços, a criança tem a visão e audição estimuladas, com suas cores e luzes e os ruídos produzidos pelo objeto. Os bebês ficam encantados pelos movimentos produzidos pelas correntes de ar dos móbiles.

 

O mordedor é um objeto bastante conhecido, que o bebê nunca quer largar. Ele ajuda a criança a coçar a gengiva, dando muito alívio na fase de crescimento dos dentes de leite. Mais que um brinquedos para bebê, é um produto próprio para o melhor desenvolvimento físico da criança que está nos primeiros anos de vida.

 

Livros também podem ser ótimos brinquedos para bebê

 

Leve sempre em consideração a faixa etária recomendada ao comprar brinquedos para bebê. Além disso, preze pela higiene, lavando os brinquedos sempre antes de entregá-los ao seu filho. É importante que esse procedimento seja feito com água quente e sabonete, enxaguando muito bem depois. Isso deixará a criança menos vulnerável a infecções e contração de doenças.

 

Apesar de brinquedos serem unanimidade, uma alternativa muito interessante são os livros. Muitos deles são interativos, com jogos muito divertidos e visualmente atrativos. Apesar de serem mais recomendados para bebês maiores, que ficam mais tranquilos enquanto as mamães ou papais leem para eles, é legal já estabelecer o contato da criança com os livros desde bem cedo. Assim aumentam as chances de ela se tornar uma pessoa com gosto para a leitura.

 

Aos pais cabe não apenas ler a história aos pequenos, mas também interagir e interpretar o que está no livro. O que conta, muitas vezes, não é apenas a história, mas o senso de entendimento do pequeno.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros