Medicina Alternativa

Lecitina de soja promete conter avanço do colesterol. Saiba mais!

Por Redação Doutíssima 28/10/2014

Os benefícios da soja são conhecidos já há muito tempo, especialmente por equilibrar hormônios como o estrogênio e reduzir os sintomas da TPM e da menopausa. E até mesmo substâncias que usam o grão como origem, como a lecitina de soja, têm sido reconhecidas pelas suas vantagens.

lecitina-de-soja

Aproveite os benefícios da substância e tenha uma dieta saudável. Foto: iStock, Getty Images

Esse produto consegue diminuir as taxas de colesterol e triglicerídeos e auxiliar no bom funcionamento do cérebro, da memória e das funções hepáticas.

 

O que é a lecitina de soja?

 

A lecitina de soja é o resultado da gordura extraída da soja, que – além de preservar as propriedades do grão – atua diretamente na quebra das gorduras formadas pelo acúmulo do colesterol e auxilia no aumento das taxas do bom colesterol.

 

Visto sempre como uma ameaça, em quantidade controlada o colesterol é uma substância importante para o nosso organismo: ele participa da síntese da vitamina D e no funcionamento das membranas celulares, entre outras funções.

 

O problema são as quantidades. A taxa de colesterol ruim de até 200 mg por decilitro de sangue é considerada normal. Acima disto está em nível intermediário, e não deve ultrapassar 240 mg, valor considerado alto.

 

Pessoas que sofrem de elevação nos níveis de colesterol podem ter pré-disposição genética, mas mesmo assim geralmente o problema vem acompanhado de maus hábitos alimentares.

 

Quando há excesso de colesterol ruim no sangue, placas de gordura começam a ser formadas nas paredes das veias, dificultando a passagem do sangue. Este quadro pode causar desde sintomas de angina até um quadro mais grave, como infarto do miocárdio.

 

Essas placas podem se formar além das artérias coronárias. Quando ocorre o aparecimento de placas de colesterol nas artérias do cérebro, a situação é muito séria e pode evoluir para um acidente vascular cerebral (AVC).

 

Por que a lecitina de soja ajuda o organismo?

 

Rica em colina, inositol, fosfatídios e ácidos graxos polinsaturados essenciais, a lecitina de soja tem o poder de controlar e diminuir o avanço das taxas de colesterol no sangue e de normalizar o sistema nervoso.

 

A lecitina quebra a gordura em fragmentos menores, facilitando sua eliminação, impede a solidificação e que as placas se grudem nas artérias. Apesar de suas propriedades junto a órgãos vitais, a lecitina de soja é considerada um fitoterápico ou suplemento alimentar, dependendo de sua apresentação.

 

O uso da lecitina de soja evita a coagulação do sangue, problema relatado por pessoas com doenças cardíacas, beneficiando a circulação. Assim, o sangue flui melhor, levando oxigênio e nutrientes a todas as partes do corpo.

 

O componente também possui antioxidantes capazes de retardar o envelhecimento celular, deixando a pele e o cabelo mais hidratados e ainda previne doenças degenerativas da terceira idade.

 

A absorção de vitaminas lipossolúveis e alto teor de fósforo dá mais disposição, ajudando a evitar a fadiga. Como tem ação na quebra da gordura, também evita que ela se acumule no fígado, aumenta o metabolismo e ainda ajuda a emagrecer.

 

Para estudiosos, também pode ser um complemento, pois melhora capacidades cognitivas como a concentração, memória e a aprendizagem. Isto se dá pela fosfatidilcolina presente na fórmula, que eleva a concentração de acetilcolina, um dos neurotransmissores mais importantes.

 


Sites parceiros