Esporte

Pilates para gestantes: veja dicas para praticar

Por Redação Doutíssima 14/11/2014

Não faz muito tempo, a gravidez era considerada um período sagrado, no qual a mulher não podia realizar qualquer tipo de atividade. A recomendação era que as grávidas ficassem em repouso e evitassem se cansar. Mas os tempos mudaram e hoje tudo o que importa no período gestacional é a saúde – e é aí que entra o pilates para gestantes.

 

pilates-para-gestantes

Exercícios ajudam a manter a saúde durante a gravidez. Foto: iStock, Getty Images

 

A recomendação – não só para as grávidas, mas para todas as pessoas – é ter hábitos saudáveis: praticar atividades físicas e comer alimentos leves, tendo uma alimentação balanceada. Isso é bastante benéfico porque garante uma melhor qualidade de vida para a mulher que está grávida.

 

Pilates para gestantes é bom para mãe e bebê

 

O pilates para gestantes é uma das atividades que ajuda na questão da saúde. Essa modalidade é uma das mais recomendadas pelos especialistas para as mulheres grávidas.

 

É claro que pessoas que estejam em uma gravidez de risco devem evitar essa e qualquer outra atividade. Mas as outras gestantes, que estão tendo uma gestação normal, podem e devem praticar a atividade.

 

Outras modalidades de pilates utilizam bola e fazem muitas “piruetas”. Mas não precisa se preocupar, o método é realmente adaptado às mulheres grávidas. O instrutor vai auxiliar nos exercícios, analisando as necessidades da futura mamãe.

 

Por isso a importância de um instrutor. A gestante não deve ser colocada em posições que causem desequilíbrio, a fim de evitar quedas. Os exercícios mais indicados são os de braço, que fortalecem a região, dando boas condições para no futuro a mulher carregar o bebê.

 

Pernas também podem ser trabalhadas no pilates para gestantes. Esses exercícios são bastante benéficos porque evitam dores articulares, que possam surgir devido ao sobrepeso da grávida.

 

Melhores exercícios do pilates para gestantes

 

As atividades que mais devem ser priorizadas são os alongamentos. Devido ao aumento de barriga na gravidez, a mulher acaba se deslocando para frente. Isso causa dores nas costas e aumenta a curvatura da coluna. No pilates para gestantes é possível realizar exercícios de alongamentos que vão garantir mais flexibilidade e menos dores musculares.

 

Já os exercícios abdominais e a mobilidade da coluna acabam sendo trabalhados dentro de outras atividades que envolvem braços, pernas e respiração. O bom do pilates é que a modalidade é bastante completa, beneficiando o corpo todo.

 

Como o pilates trabalha muito a respiração, ele auxilia no relaxamento da mulher. Na gestação, é normal que os hormônios estejam mais desregulados e a gestante mais nervosa. Com os exercícios de respirar, é possível encontrar o equilíbrio e a calma.

 

O pilates também ajuda a mulher no período pós-parto, facilitando o retorno mais rápido do abdômen, e diminuindo a flacidez característica desta etapa.

 

Mas é importante ter em mente que antes de praticar o pilates para gestantes a grávida deve consultar o seu ginecologista. O ideal é que ele mande uma liberação por escrito para que o instrutor tenha conhecimento de como anda a gestação da mulher. Assim é possível ter um período gestacional tranquilo e sem sustos.

 

 

 


Sites parceiros