Dica do Dermatologista

Vitaminas e ácidos podem ajudar a ter uma pele mais jovem

Por Redação Doutíssima 26/11/2014

Quem não deseja uma pele mais jovem, linda e viçosa? É possível que 100% das mulheres irão concordar com isso. Saiba então que o uso de vitaminas e ácidos pode operar verdadeiros milagres na sua pele.

Quando falamos em vitaminas sempre lembramos que são fundamentais na nossa alimentação para o funcionamento do nosso organismo. Com a pele não é diferente, já que faz parte desse sistema. Mas o melhor é que a indústria cosmética também aderiu às vitaminas e já é possível ficar vitaminada também por fora!

pele-mais-jovem

Indústria cosmética é aliada para retardar o envelhecimento da pele. Foto: iStock, Getty Images

Como conquistar uma pele mais jovem com ácidos

Os ácidos contidos em diversas fórmulas ou receitados por dermatologistas são indispensáveis para estimular a renovação celular, remoção de manchas, melhora da aparência e textura, suavização de rugas e linhas de expressão.

Os ácidos trabalham renovando a pele através da escamação, eliminando células mortas, cravos e espinhas, além de manchinhas. Eles também estimulam a produção de colágeno, melhorando sua firmeza e contorno da sua pele.

Os cremes que possuem ácidos em suas formulações podem ser administrados sem maiores contraindicações. A concentração é menor e o resultado vem com o uso contínuo. Para um tratamento a base de ácidos, com aplicação de concentrações maiores, um dermatologista deve ser consultado para avaliar qual a necessidade e a dosagem específica.

Entre os mais utilizados, estão o ácido retinóico, hialurônico, glicólico, Kójico e hidroquinona. Para uma pele mais jovem o ideal é associar o ácido com as vitaminas, especialmente a C. Para todos os casos, é indispensável o uso de protetor solar, reaplicando várias vezes ao dia.

Conheça vitaminas que garantem uma pele mais jovem

Vitamina C

O colágeno é o que garante a firmeza da pele e, a partir dos 30 anos, essa substância começa a diminuir no organismo. A vitamina C, além de todos os benefícios antioxidantes, atua diretamente na assimilação do colágeno, sendo assim, um depende do outro.

O uso da vitamina C em cremes e loções é mais eficiente para a beleza da cútis e para ter uma pele mais jovem. A vitamina C também pode ser receitada pelo dermatologistas para aplicação em doses mais concentradas.

Alguns cremes ainda misturam a vitamina ao ácido hialurônico e ao retinol, fazendo uma excelente composição para melhorar o fluxo sanguíneo da pele, prevenir o envelhecimento e melhorar a aparência pelo aumento do colágeno e elastina, especialmente na área dos olhos, garantindo o aspecto de pele mais jovem.

Vitamina E

Esse elemento auxilia na absorção de outras vitaminas, ajuda a manter a hidratação e atua na defesa da pele contra os raios nocivos do sol, sendo um ótimo aliado do antienvelhecimento.

Muitos produtos pós-sol e protetores solares possuem esta vitamina em suas fórmulas. Máscaras faciais aplicadas em clínicas e alguns hidratantes também podem desfrutar dos benefícios desta vitamina.

Vitamina A

Presente em uma grande gama de cremes, especialmente nos noturnos e, muitas vezes, associado a ácidos, como o retinoico, a vitamina A é considerada uma das mais poderosas armas para quem deseja uma pele mais jovem.

O resultado é diminuição de linhas e vincos e harmonização da cor da pele. Mas fique atenta: sempre que houver a associação com o ácido, é bom consultar uma especialista.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


Sites parceiros