[the_ad_group id="16401"]
Exercícios

Praticar jardinagem emagrece e traz benefícios para a saúde

Por Redação Doutíssima 22/04/2015

A jardinagem traz muitos benefícios à saúde e é uma atividade muito agradável. Pessoas de qualquer idade podem achar gratificante passar um tempo no jardim, cuidando de plantas e cultivando seus próprios alimentos. Além disso, essa atividade melhora a saúde e o humor e, ainda, economiza dinheiro.

 

Jardinagem e a perda de peso

Essa informação pode surpreender você: a prática é considerada um exercício físico de intensidade moderada à alta. De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, é possível queimar até 330 calorias em apenas uma hora, mais do que você queimaria levantando pesos nessa mesma quantidade de tempo.

jardinagem

Cuidar do jardim é uma atividade dinâmica e pode ajudar a manter o peso do corpo Foto: iStock, Getty Images

É por isso que pessoas que mexem em suas próprias hortas ou jardins são menos propensas a terem excesso de peso ou serem obesas, indica um recente estudo.

Pesquisadores da Universidade de Utah, nos Estados Unidos, analisaram o índice de massa corporal (IMC) de 198 jardineiros comunitários em Salt Lake City, comparando-o com o de vizinhos que não praticavam jardinagem.

 

O IMC de mulheres jardineiras era, em média, 1,84 pontos menor do que o de suas vizinhas. O IMC de homens jardineiros, por outro lado, foi, em média, 2,36 pontos menor do que o de seus vizinhos. O IMC é uma medida da gordura corporal com base na altura e peso.

 

Jardinagem: exercício físico de qualidade

A jardinagem é um excelente exercício físico – o que significa que é um ótimo meio para ativar a circulação. E o melhor de tudo, é que é um exercício físico indicado para todas as idades.

 

Realmente, cavar, plantar, capinar e outras tarefas que você executa enquanto cuida do jardim exigem força e alongamento, sendo excelentes atividades físicas de baixo impacto. Por isso, é uma ótima alternativa para idosos e pessoas que sofrem de dor crônica.

 

Além disso, é uma atividade bastante dinâmica. Dificilmente, você irá desistir dela em razão de ter ficado entediado.

 

Tenha uma boa saúde

Outros benefícios  são vistos na saúde em geral. Enquanto você está ao ar livre, irá aproveitar a abundância de vitamina D, que ajuda o corpo a absorver o cálcio. Por sua vez, o cálcio auxilia a manter os ossos fortes e seu sistema imunológico saudável.

 

Além disso, menos de 30 minutos por semana cuidando do jardim podem melhorar drasticamente o desempenho dos homens na cama, de acordo com um estudo realizado pela Universidade Médica de Viena, na Áustria. O levantamento mostrou, ainda, que outras formas de exercício moderado, como a dança e o ciclismo, teriam benefícios similares.

 

Não bastasse isso, pesquisas sugerem que a atividade física associada à jardinagem é capaz de ajudar a diminuir o risco de desenvolver demência.

Dois levantamentos revelaram que as pessoas que praticavam jardinagem regularmente tinham menor risco de demência do que aquelas que não a praticavam, mesmo quando uma série de outros fatores de saúde foram levadas em conta.

Por fim, um estudo realizado na Noruega indica que a prática é positiva e eficaz no tratamento dos sintomas da depressão. Constatou-se que pessoas que passaram seis horas por semana cultivando flores e vegetais tiveram uma melhoria significativa nesse sentido.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]