Pele

Saiba como escolher o protetor solar para o rosto

Por Redação Doutíssima 29/04/2015

Se você não se preocupa em usar protetor solar para o rosto no dia a dia, é hora de repensar essa atitude. Quando se fala em proteção contra o sol, a maioria das pessoas costuma pensar somente nas horas que passam à beira da praia.

 

E, na maioria das vezes, a preocupação se concentra somente no corpo e muitos se esquecem do rosto. Mas, você sabia que o rosto merece um cuidado especial e em todos os dias do ano? Nesse contexto, a escolha do protetor solar específico para o rosto é essencial.

protetor solar para o rosto

É necessário usar protetor solar o ano inteiro para proteger a pele do rosto. Foto:iStock, Getty Images

O uso do protetor solar específico para a pele do rosto é importante para prevenir doenças, como o câncer de pele e também fundamental para retardar o envelhecimento.

“A pele do rosto é muito sensível,  e está permanentemente exposta à radiação UVA e UVB, que podem ser extremamente agressivas à nossa saúde”, explica a médica  pós-graduada em Medicina Estética, Ana Paula Chiyoshi.

Diferenças do protetor solar para o rosto

Um ponto destacado por Ana Paula, que atua fortemente na  área de tratamentos estéticos e embelezamento, é que existem, sim, diferenças entre o protetor solar para o rosto e o que é usado no restante do corpo.

Principalmente quanto à cosmética, diz Ana Paula, o protetor solar para o rosto costuma ser mais leve em termos de textura. Mas, no que se refere à proteção, a médica garante que essa é eficaz, tanto quanto os outros que são usados no corpo.

“Se o Fator de Proteção Solar, o FPS, for 30, irá oferecer a mesma proteção tanto para o rosto quanto para o corpo”, reitera Ana Paula.

Segundo a médica, o que define o potencial de proteção é o FPS e o PPD, proteção UVB (radiação que causa queimaduras) e UVA (radiação que causa fotoenvelhecimento) respectivamente.

Protetor solar para o rosto o ano inteiro

Um dos maiores equívocos que as pessoas costumam cometer quando se trata do uso do protetor solar para o rosto, e também para o corpo, é imaginar que o produto só precisa ser usado durante o verão. A médica faz um alerta importante nesse sentido.

Os raios UVA, diz Ana Paula, estão presentes mesmo em dias nublados, em qualquer estação do ano. “Lâmpadas também são capazes de emitir radiação, portanto, devemos usar protetor solar sempre”, avisa a médica.

Quando se trata do ambiente externo, Ana Paula avisa que o horário mais perigoso para se expor ao sol é entre as 10 e às 16h. É nesse horário, explica, que existe uma maior incidência de radiação UVB, que deixa a pele vermelha, queimada e com maior risco para as lesões na pele. É ainda mais indicado o uso do protetor solar para o rosto.

A escolha do protetor solar deve ser feita, segundo a médica, de acordo com o tipo de pele. Os protetores solar em forma de creme são mais indicados para peles mais maduras e secas, enquanto que os em gel e sérum são mais adequados para peles jovens e oleosas. “Então, é importante que a pessoa conheça seu tipo de pele”, orienta Ana Paula.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


Sites parceiros