Muitas das doenças que mais matam no mundo podem ser prevenidas. As não transmissíveis são hoje a principal causa de morte ao redor do planeta, sendo os países em desenvolvimento os mais atingidos conforme um relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Segundo a OMS, elas foram responsáveis ​​por 68% de todas as mortes a nível mundial em 2012, contra 60% em 2000.

 

As quatro principais doenças não transmissíveis são as cardiovasculares, os cânceres, a diabetes e as pulmonares crônicas. Dessas, o destaque negativo é representado pelas doenças cardiovasculares, que mataram cerca de 17,5 milhões de pessoas em 2012, isto é, foram responsáveis por três a cada 10 óbitos.

doencas que mais matam
O AVC e as infecções respiratórias são doenças que têm alto índice de mortalidade. Foto: iStock, Getty Images

 

Doenças que mais matam no mundo

Conheça cinco das doenças que mais matam no mundo para se manter informado e com a saúde em dia.

 

1. Doença isquêmica do coração

Os dados da OMS apontam que das doenças que mais matam no mundo, essa é a primeira. Segundo o órgão, aproximadamente 7,4 milhões de pessoas morreram em razão dela apenas em 2012 – 13,4% das mortes no período.

 

Nessa condição, há menor circulação de sangue no coração. Isso é capaz de provocar isquemia que, por sua vez, pode causar infarto ou angina. Pessoas com hipertensão arterial, alto colesterol e fumantes estão no grupo de risco. É possível preveni-la com atividades físicas regulares e boa alimentação.

 

2. Acidente vascular cerebral (AVC)

De acordo com a OMS, o AVC é a segunda das doenças que mais matam. Foi responsável por 6,7 milhões de mortes no mundo em 2012 – 11,9% do total desse período.

 

O AVC ocorre quando não há fluxo de oxigênio para certas células cerebrais, que começam a morrer em poucos minutos. Os fatores de risco são os mesmos da doença isquêmica. Para preveni-lo, é necessária uma rotina saudável – exercícios físicos, boa alimentação e controle de peso.

 

3. Doença obstrutiva pulmonar

 

A OMS estima que 3,1 milhões de pessoas morreram em razão dessa doença ao longo de 2012 – o que significa 5,6% dos óbitos no período.

 

A doença obstrutiva pulmonar é uma doença crônica e progressiva, que torna difícil a respiração. A bronquite e o enfisema pulmonar são dois de seus tipos. A principal causa de seu aparecimento é o tabagismo – mais abaixo está a poluição do ar. Não há cura para essa condição, mas seu avanço pode ser retardado com medicação.

 

4. Infecções respiratórias

Segundo a OMS, as infecções do sistema respiratório foram responsáveis por 3,1 milhões de óbitos em 2012 – ou cerca de 5,5% de todas as mortes nesse ano. Trata-se de um grupo de doenças que inclui pneumonia, bronquite e gripe.

 

Em países do hemisfério norte, essas infecções são mais comuns de dezembro a fevereiro, enquanto nos do hemisfério sul, o pior período é entre junho e agosto. As pessoas que vivem em regiões tropicais devem estar atentas o ano inteiro.

 

5. Cânceres do sistema respiratório

São os cânceres de pulmão, brônquios e traqueia. Conforme a OMS, 1,6 milhão de pessoas morreram dessas doenças ao redor do planeta em 2012 – 2,9% do total de óbitos. Suas principais causas são o tabagismo e a exposição a toxinas.

 

Quais as doenças que mais matam no Brasil?

Segundo um levantamento do Ministério da Saúde em 2010, as doenças que mais matam no Brasil são as cerebrovasculares, ou derrame, seguidas do infarto agudo do miocárdio e da pneumonia.

Outra doença que é a principal causa de morte no país é o câncer de pulmão, que atinge principalmente os fumantes. Além disso, a cirrose faz parte da lista, e é associada ao alcoolismo – embora outras condições também possam causá-la.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


DEIXE UMA RESPOSTA