[the_ad_group id="16401"]
Exercícios

Confira 5 motivos para você apostar no treino circuito

Por Redação Doutíssima 17/07/2015

É comum usar a falta de tempo como justificativa para não se exercitar, mas com o treino circuito essa história não vale. Ele mistura aparelhos de musculação e exercícios aeróbicos, todos divididos em seções que variam de acordo com o objetivo do aluno. O melhor disso tudo é precisar de apenas um minuto em cada estação para obter os resultados esperados.

 

Nos circuitos são distribuídos halteres, cordas, caneleiras, bastões, colchonetes, sacos de boxe e outros equipamentos, colocados em setores de acordo com o grupo muscular trabalhado. Um treino completo tem, aproximadamente, 30 minutos.

treino circuito

Treino realizado em circuito promove alto gasto calórico com muita dinâmica. Foto: iStock, Getty Images

Por isso, é uma alternativa para quem precisa encontrar um espaço na rotina para fazer exercícios. Saiba mais sobre o treino circuito e como ele pode contribuir para sua saúde.

 

Treino circuito garante vida mais saudável

Se você quer viver mais e com saúde, então o treino circuito pode contribuir para que você aumente a expectativa de vida. Segundo uma pesquisa da Universidade de Oslo, na Noruega, fazer exercícios aumenta em até cinco anos a longevidade de uma pessoa. Participaram do estudo 5700 noruegueses entre 68 e 77 anos, por um período de 12 anos.

 

Na investigação, eles descobriram que idosos que praticavam ao menos três horas de atividades físicas semanais viveram, aproximadamente, cinco anos a mais que aqueles que não faziam nada. Ou seja, apenas 30 minutos diários, seis vezes por semana, são suficientes para reduzir em 40% o risco de morte. É o mesmo período de um treino circuito.

 

Saiba por que você deve realizar o treino circuito

1. Menos tempo, mesmo resultado

 

O alto gasto calórico que o circuito proporciona garante os mesmos resultados de uma malhação de uma hora. Os exercícios feitos nessa modalidade mantêm a frequência cardíaca elevada, acelerando o processo de emagrecimento.

 

São cerca de 600 calorias queimadas por aula e, de acordo, com a disciplina do aluno, é possível perceber diferença nas medidas em apenas 45 dias.

 

2. Muitos exercícios em um único treino

 

Dentro de um treino circuito, os participantes realizam exercícios aeróbicos e anaeróbicos, quando as capacidades neuromusculares são trabalhadas. Dessa forma, ocorre maior eficiência, já que o corpo queima calorias durante as atividades e depois delas.

 

Enquanto o organismo trabalha para recuperar as microlesões neuromusculares, gasta mais calorias durante o repouso e aumenta a massa muscular.

 

3. Faça chuva ou sol

 

Mesmo que esteja chovendo, o circuito pode ser feito. Como geralmente acontecem em locais cobertos, esses treinos são realizados independentemente da condição climática.

 

4. Sem fila de espera

 

Nas academias, é comum precisar esperar para utilizar um aparelho. Nos treinos de circuito isso não acontece, porque cada estação conta com rotatividade entre os equipamentos. Em média, cada pessoa permanece por 55 segundos em cada, o que agiliza para quem também precisa usar.

 

5. Zero de tédio

 

Bastante dinâmicos, os treinos circuitos são motivadores porque são rápidos, mas também promovem interação entre alunos, colegas e professores.

 

Como são distribuídos em seções, não sobra tempo para monotonia. Além disso, é possível variar as estações, aumentar intensidade e trocar o tipo de treino muscular ou cardiovascular.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]