Esporte

Veja como funciona uma aula de boxe feminino

Por Redação Doutíssima 27/11/2014

A prática de lutas vem caindo no gosto da mulherada e você sabe por quê? Porque elas garantem um treino intenso, onde se libera endorfina e alivia o estresse, além de queimarem entre 600 a 1200 calorias em uma hora de aula. Uma das lutas preferidas das mulheres é boxe.

 

Em razão dos vários benefícios dessa prática, as academias que oferecem a modalidade estão sempre lotadas. Conheça a seguir algumas características da prática esportiva.

 

aula-de-boxe-feminino

Boxe é opção para mulheres tonificarem os músculos com queima de calorias. Foto: iStock, Getty Images

Como é a aula de boxe feminino

 

A aula de boxe feminino pode ajudar a nocautear a gordura rapidamente, além de tonificar os músculos, mantendo suas formas definidas e femininas. Ao contrário da musculação, não há o aumento dos músculos – eles são apenas definidos com o trabalho aeróbico e de força.

 

Entre outros benefícios da aula de boxe feminino, você pode garantir a melhora do condicionamento físico, afinar a cintura, melhorar a postura e a musculatura lombar e ter pernas, braços e abdômen definidos. Como em outras práticas esportivas, você ainda ganha agilidade, coordenação motora, reflexo, precisão e força.

 

Além de socos, esquivas e muitos jabs, diretos, cruzados e ganchos, o treino preparatório é bastante aeróbico na aula de boxe feminino. O trabalho de aquecimento e preparo físico envolvem corrida, flexões, pular corda e muitos abdominais. E é tudo muito rápido, intensificando a queima de calorias.

 

O treino de posições de golpes e trabalho desferindo socos contra o saco é feito com muitas repetições, o que compensa ser um exercício sem carga. Ou seja, gasta muitas calorias e trabalha a musculatura, mantendo-a do tamanho original. Então não tenha medo de ficar masculinizada ou muito musculosa, pois isso não ocorre com a aula de boxe feminino.

 

Conheça alguns golpes da aula de boxe feminino

 

Jab

 

A posição base é definida conforme seu lado de orientação (destro ou canhoto). No caso dos destros, por exemplos, a posição base será com o pé esquerdo ligeiramente à frente do direito, joelhos flexionados e punhos cerrados na altura do queixo.

 

Mantenha os cotovelos próximos ao corpo. Para desferir um jab, use a mão esquerda para dar o soco, esticando completamente o braço. Para canhotos, a posição é invertida.

 

Direto

 

Estando na posição base, o soco é dado pela mão da perna que está atrás, girando levemente o tronco. Esse movimento garante que o golpe seja dado com mais força.

 

Cruzado

 

Sempre na posição base, dê um soco em movimento circular, enquanto ergue o braço. A intenção é deixar o braço em paralelo ao chão, com objetivo de acertar a lateral da cabeça – queixo da adversária.

 

Gancho ou UpperCut

 

Também na posição base, você vai dar o soco com a palma voltada para você, de baixo para cima. A intenção é acertar o queixo do oponente por baixo.

 

Atenção às contraindicações

 

Como deveria ser feito em todas as modalidades esportivas, o exame médico e avaliação são fundamentais para praticar o boxe feminino.

 

Como exige bastante do corpo e do sistema cardiorrespiratório, não é um exercício indicado para pessoas que sofrem de pressão alta, problemas cardíacos ou com alguma lesão muscular grave. Mas tudo depende da avaliação do médico.

 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão Doutíssima!


Sites parceiros