Na data de 31 de agosto é celebrado o Dia do Nutricionista. Esse profissional é indispensável para a manutenção da saúde através de uma alimentação balanceada. Comer de tudo é um termo usado popularmente para descrever uma alimentação diversificada, que é o ideal. Além da variedade, a qualidade dos alimentos é fundamental para esse equilíbrio.

 

“Boas escolhas atendem as necessidades das pessoas para seu momento de vida e suas atividades diárias”, informa a nutricionista Fabiana Assmann Poll, mestre em Ciências Médicas e docente do curso de Nutrição da Universidade de Santa Cruz (Unisc).

alimentacao balanceada
A alimentação com variedade e qualidade é essencial para a saúde do corpo. Foto: iStock, Getty Images

 

O que é uma alimentação balanceada?

Fabiana explica que todos os alimentos são importantes para funções específicas do organismo, mas alguns grupos não podem faltar nas refeições: cereais, grãos e sementes, frutas, vegetais, laticínios, carnes em geral e ovos. Os listados são fontes de carboidratos, vitaminas, sais minerais, proteínas e gorduras.

 

“Esses alimentos fornecem energia e nutrição para o corpo”, afirma. A nutricionista ainda lembra que cada pessoa tem uma necessidade única e que, portanto, pode precisar de mais de um grupo alimentar do que de outro. “Depende do estado nutricional, de saúde e das atividades diárias”, diz.

A nutricionista ressalta que, em geral, os alimentos preparados em casa e mais naturais devem ser privilegiados ao longo do dia a dia nas refeições e lanches. Alergias e intolerâncias alimentares exigem a substituição de alguns alimentos por outros de valor nutritivo igual ou semelhante.

Fabiana confirma que a alimentação balanceada pode trazer muitos benefícios para a saúde. “Aquilo que comemos é o que nosso corpo vai ter como combustível para cumprir a demanda diária, tanto física quanto mental ou intelectual”, adiciona.

 

A alimentação balanceada ainda previne doenças, pois auxilia na manutenção do peso corporal e fornece nutrientes necessários para o bom funcionamento dos órgãos e também do sistema imunológico.

Alimentos que devem ser evitados

A alimentação balanceada deve ser variada, mas alguns tipos de alimentos não devem fazer parte das refeições. Fabiana menciona os com muito açúcar, muita gordura e muito sódio, que não podem fazer parte do dia a dia em nenhuma fase da vida porque não têm valor nutritivo adequado.

Segundo a nutricionista, os alimentos industrializados e processados têm esse perfil, além de ter ingredientes que não contribuem com a saúde, como corantes e conservantes. Ela diz que ficar longe desse tipo de comida é uma atitude inteligente em relação à saúde.

A mistura de componentes dos alimentos industrializados prejudica a manutenção do peso, que é um fator importante. O excesso pode colocar a saúde em risco, principalmente trazer problemas cardiovasculares e circulatórios.

Assim, fica o ensinamento: a alimentação balanceada deve ser variada, mas focando em alimentos naturais e de boa qualidade. A saúde agradece.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!