Receitas

Aprenda a preparar uma tradicional receita de salada caprese

Por Redação Doutíssima 03/09/2015

Aplicada a algumas circunstâncias, a lógica do “menos é mais” é perfeitamente adequada a certos alimentos, como no caso da salada caprese, uma tradicional receita da cozinha mediterrânea.

 

O prato é uma combinação de apenas cinco ingredientes: tomate, muçarela de búfala, manjericão, sal e azeite de oliva. Um sexto elemento seria a pimenta-do-reino, mas a inclusão da especiaria pode ficar a sua escolha. Marcada pela simplicidade, a salada caprese se destaca pelo sabor e benefícios que traz à saúde.

salada caprese

Salada tradicional na cozinha mediterrânea é saborosa e apenas precisa de cinco ingredientes. Foto: iStock

 

Origem da salada caprese

A versão mais contada sobre a sua origem diz que no ano de 1950 a receita ganhou fama ao ser servida ao rei Faruk do Egito, que estava em visita a ilha italiana de Capri. O imperador era conhecido por ter um apetite voraz. Apesar de leve, o prato caiu nas graças dele.

Capri situa-se na região da Campania e é banhada pelas águas do mar Tirreno, no golfo de Nápoles. Considerada a joia do Mediterrâneo, a ilha fica bem perto do continente. As paisagens naturais e a vocação gastronômica atraem milhares de turistas anualmente.

Até hoje, entre massas e vinhos (ou antes deles), a salada caprese ainda é um dos  pratos mais pedidos pelos visitantes.

 

O sabor apurado e a facilidade no preparo ajudaram a receita a ganhar o mundo. Versátil, antecede ou acompanha uma série de outras comidas, principalmente nos dias mais quentes. Leve e refrescante, a salada caprese harmoniza muito bem com vinhos brancos, inclusive os espumantes.  

Benefícios à saúde

Cada ingrediente dessa receita tem importantes valores nutricionais. 

 

1. Tomate 

salada caprese

O consumo regular de tomate ajuda a prevenir infecções bacterianas e faz bem para a pele. Foto: Shutterstock

É rico em licopeno, um agente antioxidante e anticancerígeno, que ajuda na prevenção de tumores no pâncreas, cervical e próstata. Protege o organismo de infecções bacterianas, assim como de perturbações digestivas e pulmonares.

O fruto é desinflamatório, refrescante, tonificante e auxiliar da circulação sanguínea. Também faz bem para a pele e para a atividade cerebral.

2. Muçarela de búfala

salada caprese

Para quem gosta de queijo, a muçarela de búfala é opção com mais proteína e menos gordura. Foto: Shutterstock

Pesquisas realizadas pela Empresa Brasileira de Pesquisa e Agropecuária (Embrapa) mostram que a muçarela de búfala tem 48% de proteína e 59% de cálcio a mais do que a feita com leite de vaca. 

O queijo bubalino é rico em vitamina A e apresenta menos sódio, gordura saturada e colesterol. Seus componentes fortalecem os músculos e protegem dentes e ossos.

3. Manjericão

salada caprese

O consumo de manjericão fornece cálcio, potássio e outros nutrientes para o organismo. Foto: Shutterstock

É fonte de cálcio, vitamina A e C, potássio e manganês. Tem propriedades analgésicas, antissépticas e cicatrizantes.

Ativa o sistema imunológico e combate a fadiga, depressão, enxaqueca e insônia. É antiespasmódico, antibacteriano, vermífugo, cicatrizante, digestivo, diurético e eficaz no controle de gases.

4. Azeite de oliva

salada caprese

Para diminuir o nível de colesterol ruim no sangue, o azeite de oliva é uma alternativa. Foto: Shutterstock

É rico em ácidos graxos monoinsaturados, que diminuem o colesterol ruim e aumentam o bom.

 

Com o passar do tempo, chefs e cozinheiros adaptaram ou incluíram novos ingredientes à salada. No Brasil, outros queijos brancos, como o Minas, são utilizados. O tomate-cereja por vezes também substitui o tradicional.

Receita da salada caprese tradicional

Agora que você já sabe da origem e dos benefícios do prato, anote e faça você mesmo. É muito fácil, rápido e nutritivo.

 

Ingredientes:

– 2 tomates cortados em rodelas

– 2 muçarelas de búfala cortadas em rodelas

– 1 maço de manjericão

– Azeite a gosto

– Sal a gosto

 

Modo de preparo:

Coloque as rodelas de muçarela de búfala sobre as de tomate. Macere as folhas de manjericão com um pouco de azeite de oliva e distribua sobre a salada. Tempere com sal e regue com mais um fio de azeite.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! É fã do Doutíssima? Acompanhe o nosso conteúdo pelo Instagram!


Sites parceiros