Receitas

Culinária brasileira: aprenda a fazer feijoada e caipirinha

Por Redação Doutíssima 10/09/2015

A culinária brasileira é tão diversificada quanto a composição étnica do País. Podem ser saboreadas influências dos povos indígenas, dos vizinhos latinos, dos colonizadores portugueses, alemães, italianos, ucranianos, poloneses e muito mais.

Cada região do Brasil tem a sua culinária típica, que ainda varia de Estado para Estado. Mas alguns pratos e bebidas ultrapassam as divisas e são saboreados por todo o País. Dois deles são tão clássicos que até estrangeiros conhecem por nome: feijoada e caipirinha.

culinária brasileira - doutissima - iStock

Culinária brasileira é rica pela diversidade, com opções como a feijoada e a caipirinha. Foto: iStock, Getty Images

Mas a alimentação dos brasileiros, às vezes, segue um caminho longe do ideal. A Pesquisa Nacional de Saúde, feita pelo Ministério da Saúde em parceria com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), entrevistou 63 mil pessoas em todo o País e verificou que 37,2% dos participantes come comida muito gordurosa.

Mesmo com uma variedade de ingredientes tão rica, os alimentos processados acabam tomando conta das refeições. O ideal é optar por comidas, frutas e verduras em seu estado mais natural possível para garantir boa saúde.

Gastronomia brasileira tem nomes fortes

A grande quantidade de opções de alimentos, temperos, condimentos e modos de preparo tornam a gastronomia nacional um destaque mundo afora. Dois chefs conhecidos por utilizar ingredientes brasileiros como centro de suas criações são Alex Atala e Roberta Sudbrack.

Atala é dono do D.O.M, único restaurante do Brasil a ter o conceito de duas estrelas no renomado Guia Michelin, que avalia a alta gastronomia mundial.

 

 

culinária brasileira infográfico 

Receitas típicas da culinária brasileira

Saber fazer uma boa feijoada e um deliciosa caipirinha é o que se espera de todo bom brasileiro. Com essas receitas, fica ainda mais fácil de acertar no sabor.

Feijoada

O primeiro passo é colocar 500 g de feijão preto de molho na noite anterior, trocando a água a cada três horas. Na hora de começar a feijoada, escorra os grãos e coloque em uma panela com bastante água. Deixe em fogo alto até levantar fervura.

Quando ferver, reduza o calor da chama para fogo médio e coloque uma laranja inteira bem lavada, com casca e tudo, dentro. Depois de 30 minutos de cozimento, retire a laranja e dispense. Adicione costelinha e carne defumada (dessalgadas, se necessário).

Depois de mais 30 minutos adicione linguiça calabresa, paio e bacon em pedaços grandes. Cozinhe por cerca de uma hora e meia até que fique tudo bem macio e o feijão bem cozido.

Enquanto isso, faça o refogado que vai temperar a feijoada em outra panela. Doure cebola, alho e cheiro verde em um fio de azeite. Tempere com cominho, colorau e pimenta picada.

Para engrossar o caldo, retire uma concha do feijão sem o líquido (apenas os grãos), coloque em um prato e amasse bem com um garfo. Misture essa pasta no refogado e mexa bem. Depois transfira tudo para a panela do cozimento e misture.

Deixe cozinhar por mais alguns minutos e prove o tempero. Se for preciso, adicione sal e pimenta preta. Retire as linguiças, corte em rodelas e devolva-as para a panela antes de servir.

Caipirinha

Retire as duas extremidades da casca de um limão, fazendo uma base e tirando uma “tampa”. Corte ao meio e divida cada parte em dois. Repita até ter oito pedaços.

Amasse bem os gomos do limão com duas colheres de sopa de açúcar. Adicione gelo e uma dose de cachaça.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 

 

É fã do Doutíssima? Acompanhe o nosso conteúdo pelo Instagram!


Sites parceiros