Praticar atividades físicas regularmente é uma das chaves para viver com mais saúde. E nunca é tarde para começar. Confira abaixo um guia de exercícios e saiba quais são os melhores para cada faixa etária. Porém, lembre-se que antes de começar a praticá-los é importante fazer uma avaliação médica para verificar seu nível de aptidão física para eles.

 

Exercício é importante em todas as idades

Muitas vezes as pessoas pensam em fazer exercício em determinadas fases da vida: perder peso depois da gravidez, combater ganho de peso da meia-idade ou melhorar a saúde do coração, por exemplo. Acontece que atividade física deve ser uma constante ao longo de toda a vida para ter a melhor saúde possível em todas as suas fases.

guia de exercícios istock getty images doutíssima
Praticar exercícios, no mínimo 30 minutos por dia, é importante em todas as idades. Foto: iStock, Getty Images

Segundo uma pesquisa da Oslo University Hospital, da Noruega, praticar exercícios físicos por três horas por semana é capaz de aumentar a expectativa de vida média das pessoas em cinco anos, se comparado a quem é sedentário. Basta você se mexer mais ou menos 30 minutos por dia.

 

Além disso, pesquisadores do Copenhagen City Heart Study, da Dinamarca, descobriram que movimentar-se de uma a duas horas e meia por semana, em duas ou três sessões diferentes, está associado a um adicional de 6,2 anos para homens e 5,6 anos para mulheres.

 

Nesse sentido, também foram as conclusões de um estudo conduzido pela Louisiana State University. Os cientistas concluíram que praticar apenas 35 minutos de exercício aeróbico por semana já basta para adicionar alguns anos a sua vida. Em outras palavras, até mesmo quem não possui muito tempo disponível pode usar isso como uma desculpa.

 

Guia de exercícios para todas as idades

Há grandes benefícios no exercício físico, sendo importante mantê-los ou adicioná-los à rotina. Encontre um horário que você consiga cumprir regularmente, e faça disso uma prioridade em sua vida. É importante ainda escolher o tipo de atividade correta para sua faixa etária. Confira.

 

– Aos 20 anos

 

Nesse estágio os exercícios são principalmente focados em construir músculos e densidade óssea. Assim, flexões, exercícios de cardio, corrida, musculação, ciclismo e treinamento funcional são boas pedidas, por exemplo.

 

– Aos 30 anos

 

Uma década depois de começar a treinar há necessidade de mudar o foco e introduzir outros programas. Busque o fortalecimento do corpo. Uma boa alternativa é a natação, que pode ser combinada com caminhadas, alongamentos, entre outros.

 

– Aos 40 anos

 

Nesse momento os homens que tendem a acumular gordura na região da barriga e as mulheres que costumam acumulá-las em quadris e coxas devem ter bastante atenção. O objetivo é fazer com que os exercícios melhorem a sua taxa metabólica e, assim, sejam mais capazes de queimar calorias e manter o estresse e a gordura sob controle.

 

– Aos 50 anos

 

É nessa idade que surgem a maior parte dos problemas de coração e costas. Exercícios como pilates e yoga são recomendados para fortalecer costas e abdômen. Além disso, órgãos de saúde recomendam 30 minutos diários, cinco vezes por semana, de atividade aeróbica para proteger seu coração.

 

– Aos 60 anos ou mais

 

Se você já se exercitava deve ter prevenido com sucesso problemas como diabetes, hipertensão e doenças cardíacas. Não é preciso mudar sua rotina, bastando continuá-la para continuar protegido. Caso seja sedentário e deseja começar, faça coisas leves como caminhada ou hidroginástica. Em ambos os casos, procure auxílio de um profissional.

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


DEIXE UMA RESPOSTA