Na busca por um relacionamento estável, tropeços e erros podem fazer parte da jornada. É natural que às vezes as mulheres se sintam azaradas diante desse cenário. Mas o que seria, então, ter sorte no amor? Esses conceitos, na verdade, não são definitivos. São apenas reflexos de escolhas.

A coach afetiva Patrícia Camargo não acredita em sorte ou azar no amor. “Na verdade, penso que podemos fazer escolhas infelizes e superficiais nos relacionamentos, ou optar por escolhas mais maduras”, explica.

Os fundadores do site Eu e Nós, focado em coaching de relacionamentos, Mariana Viktor e Marco Antonio Beck também não crêem que os resultados afetivos são guiados pelo acaso.

Se você observar, verá que tudo que colhemos na vida decorre dos nossos comportamentos, que são determinados pelas ‘verdades’ que adotamos e seguimos”, salientam.

Mas como definir quando você está fazendo escolhas certas ou erradas, que podem parecer sorte ou azar no amor? O teste a seguir pode ajudar você a descobrir.

 

 

 


DEIXE UMA RESPOSTA