A área da saúde no Brasil sofreu uma perda significativa nesta quarta-feira, 25. O médico endocrinologista Alfredo Halpern morreu aos 74 anos em decorrência de um câncer no pâncreas. Ele era consultor do programa Bem Estar, da Rede Globo. 

 

Entre as principais contribuições deixadas por ele estão mais de 200 artigos científicos, 15 livros sobre obesidade e a famosa dieta dos pontos, de sua autoria.

Alfredo Halpern facebook reproducao doutissima
Alfredo Halpern foi o autor da famosa dieta dos pontos, que foca na compensação. Foto: Facebook, Reprodução

Alfredo Halpern e a dieta dos pontos

Conhecido como “Doutor Regime”, Alfredo Halpern ganhou o apelido carinhoso por ser idealizador de uma das dietas mais amadas pelos brasileiros: a dieta dos pontos. No fim dos anos 60, quando se formou em Medicina pela Universidade de São Paulo (USP), o médico já se mostrava interessado no tema da obesidade.

Ele foi um dos precursores dos estudos no Brasil em relação ao tema. Ao se deparar com um grande número de pacientes com sobrepeso, Halpern idealizou um método de emagrecimento funcional, que consistia em não proibir o consumo de nenhum alimento, mas sim em criar um equilíbrio entre as calorias. Surgia, assim, a dieta dos pontos.

A ideia de Halpern foi proporcionar um método de emagrecimento através da compensação. Assim, ele estipulou um limite diário de pontos a serem ingeridos, de forma que cada alimento vale um número x de pontos. O paciente pode comer o que quiser, desde que não ultrapasse o limite de pontuação estabelecido.

A quantidade de pontos não é definida ao acaso. Ela leva em consideração fatores diversos, como  a idade, o sexo e o nível de sedentarismo do paciente. Por isso, só é eficaz quando acompanhada e orientada de perto por um profissional da saúde.

Até hoje, a simplicidade e a praticidade da dieta dos pontos funcionam muito bem para pacientes que desejam perder peso. O próprio Halpern costumava dizer que o objetivo da dieta não é só diminuir calorias, mas aprender a comer com mais qualidade. Ele era totalmente contrário às dietas da moda muito restritivas.

Legado de Alfredo Halpern

Além de manter um consultório em São Paulo, Halpern sempre fez questão de socializar seus conhecimentos da área médica. Comunicativo, ele era consultor do Bem Estar desde o primeiro programa, veiculado em fevereiro de 2011, e escrevia uma coluna mensal na revista Saúde!, da editora Abril. Assim, se tornou popular entre o público.

Sempre muito ativo, Halpern foi um dos fundadores da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso). Até 1973, trabalhou no pronto-socorro do Hospital das Clínicas até 1973 e depois seguiu para a área da Clínica Médica. Em 1986, se tornou professor efetivo da USP.

 

Na universidade paulista, instituiu uma disciplina sobre obesidade no programa de pós-graduação. Durante 15 anos, orientou doutorandos e mestrandos nessa área. Ele também se dedicou à escrita de obras literárias, como Entenda a Obesidade e Emagreça e Obesidade, que juntas venderam mais de 300 mil exemplares.

Na página oficial do médico no Facebook, os seguidores deixaram mensagens de despedida. “Descanse em paz”, “você cumpriu brilhantemente sua missão”, “perda irreparável” e “profissional notável” foram algumas delas. 

 

Gostou do artigo? Qual é a sua opinião sobre ele? Venha compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar! 


DEIXE UMA RESPOSTA