[the_ad_group id="16403"]
Beleza > Dica do Dermatologista

Uso de maquiagem infantil pode oferecer riscos às crianças

Por Redação Fortíssima 09/03/2016

A maquiagem infantil é um assunto controverso. Afinal, as crianças devem ou não ter liberdade para explorar cosméticos de beleza? Do ponto de vista da saúde, a dermatologista Flavia Guglielmino é categórica: produtos de make só a partir dos 12 anos de idade – e com muito cuidado.

A especialista aponta que o uso maquiagem para crianças é absolutamente desaconselhado. O principal motivo é que a maioria dos esmaltes e conjuntos vendidos para esse público têm procedência desconhecida. “Eles podem conter substâncias como o níquel, um grande causador de alergias”, explica ela.

Cuidados com a maquiagem infantil

De acordo com Flavia, a presença de crianças com alergia em decorrência do uso de sombras de maquiagem ou esmaltes nos consultórios dermatológicos é cada vez mais comum.

“Esses casos muitas vezes requerem medicações para o tratamento e poderiam ser evitados se as crianças não fossem expostas desnecessariamente a tais produtos”, critica. Por isso, a profissional orienta que a idade segura para as crianças começarem a utilizar cosméticos de maquiagem é a partir dos 12 anos.

Ainda assim, o uso deve ser supervisionado por um adulto. Para os pais que não souberem como lidar, a dica é começar liberando a make apenas em ocasiões especiais. A partir do momento em que a criança começa a usar maquiagem, determinados cuidados também precisam ser implementados na rotina.

“O ideal é começar com o uso de maquiagens hipoalergênicas”, esclarece a dermatologista. Ela reforça também a importância de ensinar a criança a remover corretamente os cosméticos após o uso.

maquiagem infantil

Maquiagem infantil pode desencadear alergias. Foto: iStock, Getty Images

Dicas para remover a maquiagem

Você certamente já ouviu falar da importância de retirar a maquiagem antes de dormir. Independente da idade, esse é um passo importante para prevenir o envelhecimento precoce da pele.

“É durante à noite que a pele passa pelo processo automático de renovação celular, o que ajuda a mantê-la mais bonita. Dormir maquiada atrapalha esse processo”, explica o dermatologista Jardis Volpe. Além disso, a maquiagem prolongada entope os poros, causando cravos e espinhas.

Por isso, na hora de orientar sua filha sobre como remover a maquiagem, vale a pena seguir um passo a passo indicado pelo dermatologista: o melhor é usar um demaquilante para iniciar a remoção e depois lavar o rosto com um sabonete líquido. Para finalizar, a dica é aplicar um tônico para limpeza mais profunda.

Conforme alerta Volpe, o erro mais comum na hora de retirar a maquiagem é só lavar o rosto com sabonete e achar que isso é o suficiente. “Só ele não basta para limpar adequadamente a pele. Boa parte dos resíduos acaba permanecendo lá”, salienta o especialista.

Para quem não tem tempo de utilizar sabonete, demaquilante e tônico, o dermatologista indica o uso da água micelar, uma solução líquida três em um: ela ajuda a limpar, remover a maquiagem e desobstruir os poros. 

E você, o que acha sobre o assunto? Deixe um comentário! E não esqueça de compartilhar suas experiências e tirar suas dúvidas no Fórum de Discussão DoutíssimaClique aqui para se cadastrar!


[the_ad_group id="16349"]
[the_ad_group id="16404"]