Dieta > Nutrição

Nutricionista responde 4 perguntas para tornar sua ceia de Natal mais nutritiva

Por Debora Stevaux 24/12/2018

Poucas pessoas realmente entendem como comer bem afeta diretamente todas as funções do nosso organismo, mas a verdade é que os alimentos possuem substâncias necessárias para a realização de diversas atividades, da mais simples à mais complexa.

Os nutrientes são compostos fundamentais para a manutenção dos tecidos, fornecimento de energia e, é claro, a saciação da fome. Confira dicas para tornar a sua ceia de Natal super nutritiva. (Foto: iStock)

Essas substâncias são os nutrientes, compostos fundamentais para a manutenção dos tecidos, fornecimento de energia e, é claro, a saciação da fome. São divididos em dois grupos: o dos micronutrientes, composto por vitaminas e minerais, e os macronutrientes, por carboidratos, proteínas e lipídeos. Dada a sua importância, a nutricionista Juliana Belmont, da Clínica NutriCilla, deu dicas para que você prepare uma ceia de Natal super nutritiva.

Hair stylist responde 9 perguntas sobre penteados para o Natal

Nutricionista responde 4 perguntas para tornar sua ceia de Natal mais nutritiva

Quais ingredientes devemos incluir nos pratos da ceia de Natal para torná-la mais nutritiva?

Juliana Belmont: Na ceia de Natal temos ótimas opções de alimentos que contribuem para manter o metabolismo funcionando, então é interessante iniciar com uma saladinha que tenha folhas, frutas, verduras e as oleaginosas (castanhas, amêndoas ou nozes).

E quais devemos evitar?

Juliana Belmont: Frituras, como a rabanada; a pele da ave, já que possui grande quantidade de colesterol alimentar; farofas que sejam preparadas com temperos industrializados. Para pessoas com alguma doença específica, é aconselhável buscar um nutricionista para mais orientações.

7 dicas para evitar a azia durante a ceia de Natal

Existe algum truque para deixar os pratos gostosos e nutritivos ao mesmo tempo?

Juliana Belmont: Ao comer o peru, prefira a região do peito por ser uma carne que tem menos gordura. Além disso, o ideal seria retirar a sua pele antes de comer. De acompanhamentos, escolha uma farofa mais saudável se possível, com farinhas de amêndoas ou farinha de coco. De sobremesa opte pelas frutas, que podem ser servidas em um sorbet, ou faça substituições saudáveis em preparações clássicas. O cheesecake, por exemplo, pode ser feita com uma base de oleaginosas trituradas, juntamente com alguma fruta desidratada (uva passa ou tâmara), creme de cottage e uma calda feita totalmente com a fruta.

Quais são os malefícios de se comer muitos alimentos gordurosos ou calóricos na ceia de Natal?

Juliana Belmont: Após a ceia, acontece o período inflamatório. Você pode sentir mais inchaço no dia seguinte, já que para cada grama de carboidrato retemos 3 gramas de água. Isso deve passar alguns dias depois de ter retomado uma alimentação saudável. Caso não seja possível incluir alimentos mais saudáveis na ceia, preste atenção nas quantidades. Natal é uma época de comemorações, então desfrute a festa sem culpa, porque a alimentação também é fonte de prazer.