[the_ad_group id="16401"]
Especialidades > Saúde

Menstruação irregular é normal? Descubra algumas possíveis causas

Por Francine Costanti 04/10/2019

Você sabe: a primeira menstruação acontece entre os 10 e 17 anos. A partir daí, a mulher passa a ovular e já está biologicamente pronta para ser mãe. Geralmente o ciclo considerado normal é de 28 dias e a menstruação dura de 3 a 7 dias. Só que alguns ciclos menstruais não seguem esse padrão – é a chamada menstruação irregular.  

“A menstruação pode ser considerada irregular quando o período entre o primeiro dia de sangramento e o primeiro dia do sangramento seguinte varia mais de 5 dias em um prazo de 6 meses. Variações de até 5 dias são considerados normais”, explica o Dr. Alexandre Pupo Nogueira, ginecologista membro do corpo clínico do Hospital Sírio Libanês.

mulher com cólica menstrual

Algumas doenças podem causar alteração do ciclo menstrual nas mulheres em idade fértil. Foto: iStock

Tipos de menstruação irregular

Existem alguns tipos de menstruação irregular: amenorreia (quando a menstruação para de ocorrer depois dos 16 anos), oligomenorreia (ciclos que ocorrem com bastante espaçamento, geralmente de 40 em 40 dias), polimenorreia (menstruação com intervalo de 21 dias ou até menos), menorragia (sangramento intenso de cor bem escura e com duração de mais de 8 dias), metrorragia (quando há sangramento fora do período menstrual), menometrorragia (perda de grande quantidade de sangue e por bastante tempo) e hipomenorreia (sangramento menor do que o considerado normal com duração de 3 dias). 

Alivie a cólica menstrual com remédio caseiro

Possíveis causas para a menstruação irregular

Primeiramente, é importante notar que o início e o final da vida menstrual da mulher (a menarca e a menopausa) podem ser naturalmente irregulares. No primeiro caso isso se deve à imaturidade do ciclo hormonal nas meninas; no segundo, à falência dos ovários na mulher acima dos 40 anos. Se for o seu caso, não há motivo para se preocupar. 

Por outro lado, várias doenças podem causar alguma alteração do ciclo menstrual nas mulheres que estão em idade fértil. “Doenças como síndrome de ovários policísticos, alterações de tireoide, consumo excessivo de álcool, atividade física intensa, uso de medicações e hormônios e estresse emocional podem afetar a menstruação”, afirma o médico. Mulheres acima do peso ou que estão no período do pós-parto também podem apresentar alterações no ciclo menstrual, seja na duração, na quantidade do fluxo ou em ambos. 

Alertas do corpo

Além da variação no período menstrual, é preciso ficar alerta a alguns sinais importantes do corpo. Ciclo com duração superior a 8 dias, intervalo de ciclo com menos de 21 dias, perda de grande quantidade de sangue, cólica intensa, diferença da quantidade de fluxo entre os períodos menstruais, aparecimento de pelos no corpo, falta de desejo sexual e excesso de irritação ou stress são fatores que merecem atenção. 

Ainda que não esteja associada a uma enfermidade, a menstruação irregular pode levar a alterações de oleosidade da pele e humor, já que a mulher não tem como saber quando vai menstruar. Isso pode também facilitar a gravidez indesejada, pois perde-se o controle de quando irá ovular.

Se o seu ciclo menstrual estiver apresentando irregularidade, procure um ginecologista para descobrir as causas. “O diagnóstico é feito através da história da paciente em relação ao ciclo menstrual. Podem ser pedidos alguns exames, como papanicolau, exames de urina e sangue e ultrassonografia pélvica”, explica o médico. 

Há como parar a menstruação? Descubra!


[the_ad id="14710899"]
[the_ad id="14710899"]
[the_ad_group id="16404"]